quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Resenha - 1+1 A Matemática do Amor

Livro: 1+1 A Matemática do Amor
Autor: Vinicius Grossos e Augusto Alvarenga
Editora: Faro Editorial
Páginas: 254






Essa leitura faz parte da nossa TBR de Agosto, falamos dela aqui e também faz parte do nosso desafio anual,  falamos lá no começo do ano e consiste em ler pelo menos um livro nacional por mês...
E temos dose dupla...O livro foi escrito pelo Vinicius, carioca e pelo Augusto,  confesso que ainda não conhecia, e é mineiro... Um carioca e um mineiro juntos, será que dá certo...


Gente!!! Deu muito certo!!! Que livro lindo, sabe aquele livro que aquece o coração, então, esse é o livro...E a Faro Editorial caprichou, o livro está lindo em todos os sentidos...

Vamos conhecer dois adolescentes de dezesseis anos. Lucas e Bernardo, amigos desde sempre...Suas mães eram vizinhas e engravidaram na mesma época...Se tornaram melhores amigos, amigos inseparáveis...
Os capítulos se alternam entre Lucas e Bernardo.
Lucas é o mais sensível e adora poesia, já Bernardo é mais pratico, adora matemática. E assim um completa o outro, um ajuda o outro...
Finalmente as férias chegaram!!!!

 Lucas esta ansioso para poder não fazer nada (super me identifico), mas Bernardo chega com uma noticia péssima...Em trinta dias ele irá se mudar para Portugal...

Hora de segurar a tristeza e fazer dessas férias algo inesquecível...


Essa é a intenção, mas durante esse trinta dias, eles estarão cada vez mais próximo, e essa fase já é complicada por si só, quem nunca foi ADOLESCENTE, atire a primeira pedra...
Cabeça a mil, coração partido, razão querendo mandar...O que é certo ou errado...Será apenas uma amizade?
Quanto mais se aproxima o fim das férias, mais dúvidas vão surgindo...O medo de ser julgado...
"A vida é insana, e muda, simplesmente, num piscar de olhos. A todo momento, nossas atitudes vão moldando nossos destinos e nos fazendo seguir por determinados caminhos. A vida é assim!" Página 114.
Os autores foram de uma sensibilidade ímpar ao escrever essa história.. 

O Lucas e o Bernardo moram em uma cidade de interior... Todo mundo conhece todo mundo e todo mundo julga todo mundo. Sentimos a angustia dos personagens, querendo desabafar, querendo se entender, mas, com medo absurdo de serem julgados...
"Qualquer passo em falso que se dê é o suficiente para ser alvo de olhares tortos, risinhos e comentários nas ruas, e isso sempre me assustou muito." Página 125
Durante boa parte da leitura, fica aquela duvida no ar: "Será que eles vão conseguir?"
Também fiquei pensando o quanto do Bernardo e do Lucas existem no Augusto e no Vinícius...
 Medo desse mundo real retratado em forma de ficção...

Fotos tiradas do Pinterest!
Fotos tiradas por mim!!!

E você Tá Lendo?

segunda-feira, 19 de agosto de 2019

Resenha - Pedro Páramo

Livro: Pedro Páramo
Autor: Juan Rulfo
Editora: Best Bolso
Páginas: 140 páginas
Nota: ★★★★★

Sinopse: O romance mais aclamado da literatura mexicana. Pedro Páramo é o primeiro de dois livros lançados em toda a vida de Juan Rulfo. O enredo, simples, trata da promessa feita por um filho à mãe moribunda, que lhe pede que saia em busca do pai, Pedro Páramo, um malvado lendário e assassino. Juan Preciado, o filho, não encontra pessoas, mas defuntos repletos de memórias, que lhe falam da crueldade implacável do pai. Vergonha é o que Juan sente. Alegoricamente, é o México ferido que grita suas chagas e suas revoluções, por meio de uma aldeia seca e vazia onde apenas os mortos sobreviveram para narrar os horrores da história. O realismo fantástico como hoje se conhece não teria existido sem Pedro Páramo, é dessa fonte que beberam o colombiano Gabriel García Márquez e o peruano Mario Vargas Llosa, que também narram odisséias latino-americanas.

Que surpresa boa foi ler esse livro, eu tinha visto a TLT falar sobre esse livro no ano passado, e ficou marcado e o coloquei em minha meta.
Pedro Páramo é uma história com uma narrativa direta, enxuta e tudo muito preciso, mas com uma pegada mística e de personagens misteriosos.  E ouso em dizer que é um dos melhores livros lidos que eu já li.

Nesta história conhecemos o filho  de Pedro Páramo, no qual fez uma promessa para sua mãe em seu leito de morte, que iria atrás de seu pai e iria fazer ele pagar por tudo. Isto porque no passado Pedro deixou sua mulher e seu filho sem rumo, e sua mãe apenas diz: Dê o nome de seu pai Pedro Páramo e você saberá o que fazer. E sem pestanejar sai em direção a Media Luna (Comala) a cidade de  seu pai, porém sabemos que Comala é uma cidade fantasma, e podemos ver nas descrições que é uma cidade abandonada e um tanto quanto fantasmagórica. Alguns trechos me deixaram arrepiada. E nesse caminho ele acaba conhecendo um homem e acaba fazendo uma ‘amizade’ e ambos vão para a mesma direção, só que no decorrer do caminho, acabamos descobrindo que esse homem também é filho de Pedro Páramo e também está a caminho de Comala. E quando chegamos em Comala, percebemos que há muitos filhos bastardos de Pedro Páramo, e como se não bastasse descobrimos que Pedro Páramo também é o coronel, dono de uma fazenda onde provia a alimentação assim como o trabalho daquela vila. Então só por essas informações vocês conseguem entender o tipo que era o Pedro Páramo. 

E se você odeia spoiler, pare de ler aqui ... é sério ...

Ai você se pergunta, ué como pode ser uma cidade fantasma se Pedro Páramo era o dono da Vila? E como tem tantas pessoas nesse vilarejo, pois bem essas pessoas que habitam em Comala são fantasma, e todos absolutamente todos não tiveram uma morte ‘tranquila’, e todos esses fantasmas sofreram na mão de Pedro Páramo, como eu havia dito acima, ele era o dono de tudo daquela vila, onde a tirania comia solta, infelizmente. E como isso tudo começou? Pedro Páramo se apaixona por uma bela mulher, porém logo após eles se casarem,  ela fica terrivelmente doente, e o único consolo para Pedro Páramo é vê-la, acamada e com isso todo o trabalho da fazenda que era meio de subsistência da vila acaba, e as pessoas que ali trabalhavam não vão embora, ficam todas, e é aí que começam as mortes ... por fome, desnutrição ... miséria.

E eu consegui enxergar uma forte crítica com a igreja também, pois o Padre Renteria que é a representação da Igreja e de seu poder sobre os moradores de Comala. O padre é condescendente às atrocidades que ocorrem na cidade por parte de Pedro Páramo e seu filho Miguel Páramo. Renteria sabe através das confissões de Dorotea que ela arranjara muitas mulheres a Miguel, que por sua vez as abusava.

“Pos que yo era la que conchavaba las muchachas a Miguelito.”. “Usted sabe: la hora en que estaban solas y en que él podía agarrarlas descuidadas”.

Eu vou parar por aqui, pois acho que o final vocês já devem saber, leiam, mas tenham em mente que esse livro requer um re-leitura pois é um livro único, com nuances e linhas tênues tão singulares que cada um que ler, vai ter uma conclusão diferente.

E você, tá lendo?


quinta-feira, 15 de agosto de 2019

Resenha Mais forte que o sol

Livro: Mais forte que o sol
Autor: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Páginas:278







Depois de algumas leituras tensas, como por exemplo,Pequenas Realidades, precisava de uma leitura leve e divertida...Confesso que dei muita risada com Ellie e Charles, não gente, não li nenhuma comédia, e sim um romance de época maravilhoso...

Esse foi o segundo livro da duologia Irmãs Lyndon e não sou capaz de dizer qual gostei mais. O primeiro já foi resenhado!!!


Resenha
Ellie é a irmã mais nova de Victoria (conhecemos Victoria no livo Mais lindo que a Lua), como a maioria das mocinhas do romance de época, Ellie é forte, corajosa, decidida e já está com 23 anos, ou seja, já é considerada uma solteirona pela sociedade.


Mora com seu pai, o vigário da redondeza, teve uma educação rigida, e nunca pode realmente ser livre para fazer o que queria...Ela que fica responsavel pela casa e pelo seu pai quando sua irmã Victoria casa...Tudo estava indo bem, mas seu pai resolve se casar...
E a mulher é uma peste, (pensei que teríamos uma releitura de algum conto de fada, mas estava enganada, rs), ou Ellien se casa ou terá que ser praticamente a empregada da casa...

Passeando  aleatoriamente Ellien levará um grande susto, quando um homem cai literalmente a seus pés...

Esse homem é Charles Wycombe, conde de Billington, que esta completamente embriagado, quando cai de uma árvore nos pés de Ellie... 
Charles acaba se machucando e Ellie o ajuda, nesse curto período de tempo, Charles fará um pedido inusitado....

Qual será esse pedido? Leiam o livro e descubram!!! 

Curiosidades sobre o livro!!!
Vocês sabiam que essa série Julia Quinn escreveu antes dos Bridgertons??? E a editora só resolveu publicar depois do sucesso que a série Bridgertons alcançou...Ainda bem que a editora percebeu que Julia Quinn é maravilhosa e nós merecemos todos os seu livros aqui na nossa estante...

E vocês gostam de romance de época? Já leram algum livro da Julia Quinn? Vou adorar saber, deixem nos comentários....

Fotos tirados do Pinterest!
Fotos tiradas por mim!

E você Tá Lendo?

segunda-feira, 12 de agosto de 2019

Resenha - Favores Vulgares

Livro: Favores Vulgares
Autor: Maureen Orth
Editora: Vestígio
Páginas: 448 páginas
Nota: ★★★★

Sinopse: Em 15 de julho de 1997, Gianni Versace foi morto a tiros nos degraus da entrada de sua mansão em Miami Beach pelo serial killer Andrew Cunanan. Mas, meses antes do assassinato de Versace, a premiada jornalista Maureen Orth já vinha investigando a história de Cunanan para a revista Vanity Fair. Escrito a partir de uma seleção de entrevistas com mais de 400 pessoas e insights obtidos de milhares de páginas de relatórios policiais, Favores vulgares conta a história completa de Andrew Cunanan, suas vítimas inadvertidas e o mundo opulento em que elas viveram… e morreram. Orth revela como Cunanan conheceu Versace e a razão pela qual a polícia e o FBI falharam repetidamente em capturá-lo. Esta é uma odisseia impossível de largar, que atravessa os Estados Unidos desde a rica comunidade gay da Califórnia aos modestos lares do Meio-Oeste, onde famílias se condoíam pela perda de seus filhos, chegando a uma decadente South Beach, na Flórida.

Confesso que quando escolhi ler esse livro, eu não tinha lido a sinopse, foi apenas pela capa, e foi aquela grata surpresa ao saber o conteúdo nas primeiras páginas.
Conhecemos a história por trás da morte de um dos ícones da alta costura Gianni Versace. Sua marca é vangloriada até os dias atuais.

Mas quem matou Gianni Versace, a mente perversa de Andrew Cananan, um homem mimado, mas que teve uma infância marcada por pais relapsos, e nisso conseguimos entender a sua personalidade na idade adulta, apesar do livro referenciar a morte de Versace, vimos que a dupla personalidade psicótica de Andrew é uma característica sua, ele desde criança mentia para os amiguinhos, dizendo que conhecia muita gente  importante e que seus pais eram ricos, sendo que os pais faziam o que podiam para poder manter Andrew na escola particular.  Na adolescia, era o centro das atenções, por ser uma pessoa ‘empática’ e fazia as pessoas riem deixando de lados suas mentiras cada vez maiores, porem uma coisa que ele sempre deixou claro foi que ele era gay.

E com isso, ele começou a frequentara mais alta sociedade gay, onde as festas eram regadas bebidas, drogas e sadomasoquismo, nessa festa Andrew, desenvolve um relacionamento com duas pessoas, Jeff e David, porem por esses dois ele realmente ‘gostava’ até que seu carinho “sadomasoquista e as mentiras cada vez piores”, fez com que Jeff e David o abandonasse.

E a partir desse ponto, as pessoas que cruzassem seu caminho e que o atrapalhasse de alguma forma ele a matava, sem um pingo de remorso, apenas para ter seu caminho livre. Até que Andrew conheceu Gianni Versace, e percebeu que a vida de Versace era a vida que ele sempre quis ter. E para isso se envolveu com Versace, se passando por uma pessoa totalmente diferente. Quando decidiu que chegara a hora de dar um fim a Versace, Andrew, atirou em Versace em frente a sua mansão com algumas testemunhas e saiu andando, como se nada tivesse acontecido.

O final (morte) de Andrew é surpreendente, nos leva a pensar se foi o suficiente para ele, depois de tantas mortes, mentiras, a mente psicótica de Andrew, acabou virando uma série de sucesso chamada American Crime Story, confesso que não sabia dessa série, mas irei procurar para ver.

A única coisa que eu senti falta nessa edição, foi de não conter imagens reais de Andrew Cananan e demais pessoas envolvidas nesse relato fascinante sobre a mente psicótica de Andrew. 




E você, tá lendo ? 

sexta-feira, 9 de agosto de 2019

Resenha Um Casamento Conveniente


Livro: Um Casamento Conveniente
Autor: Tessa Dare
Editora: Gutenberg
Páginas: 256



Outro livro lido para o Clube do Livro!!! Essa foi minha leitura do mês de maio...Lógico que com esse livro estava em casa, afinal, vocês sabem o quanto amo romance de época.


Sempre ouvir falar super bem dessa autora, e realmente mais uma para lista... Escrita impecável, historia leve, com humor...
Vamos dar muita risada com Ema Gladstone, uma moça simples, que tenta se virar como costureira... 
Em uma dessas costuras ela leva literalmente um calote, pois, o casamento é cancelado pelo noivo...
Então ela resolve ir cobrar seus serviços diretamente com o Duque de Ashbury!
Nosso duque é um homem marcado pelos horrores da guerra,  vive sempre recluso no seu "castelo"...

As coisas não são favoráveis para o nosso Duque e ele precisa urgentemente, casar...Na verdade ele precisa de um herdeiro...O unico problema é que durante a guerra uma bomba (ou coisa parecida, não lembro agora) o atingiu e o deixou com marcas tanto no corpo, como na alma...E as damas da sociedade o rejeitam...

Quando Ema chega a sua casa cobrando pelo pagamento do vestido, o duque tem uma brilhante ideia...

Uma proposta totalmente indecente é feita pelo duque!!!

Vocês já devem ter percebido que teremos aqui uma releitura do clássico conto da Disney A Bela e Fera...Vamos ter até os funcionários do duque tentando dar uma "mãozinha", uma das partes engraçadas da história.


Esse é o volume 1 da série Série Girls Meet Duke. Infelizmente por enquanto só esse foi lançado aqui no Brasil.
Estamos ansiosos pelos próximos...

E você, Tá Lendo?

terça-feira, 6 de agosto de 2019

Resenha Lady Killers


Nome: Lady Killers
Autor: Tori Telfer

Páginas:384
Editora: Dark Side


 





Geralmente quando pensamos em assassinatos, pensamos que o assassino é um homem! Mas esse livro nos mostrou que nem sempre isso é verdade!!!
As mulheres são tão cruéis quanto os homens!!! Não se enganem com o batom vermelho, ou com o sorriso da vovó, ela pode ser uma Killer!!! Página 17

Confesso que muitas vezes parei de ler diante das crueldades que essas mulheres cometeram, até mesmo com seus familiares...






Vamos conhecer 14 mulheres, temos até uma brasileira que esta foragida há mais de 30 anos. Essas mulheres torturam e usaram arsênico como açúcar...



 

Durante a leitura, é contextualizado o ambiente em que ocorre os assassinatos, o que nos possibilita uma visão geral da vida dessas mulheres, muitas viveram na pobreza, foram humilhas, excluídas, estupradas...Mas nada justifica tamanha crueldade...

E por muitas acreditarem que a mulher é "sexo frágil", alguns crimes foram esquecidos, ou, as assassinas ficaram impunes...Se fosse bonita e sensual, o juri balançava...Muitas conseguiram sair impune...



Mesmo sendo trágico,a leitura flui, ficamos curiosos para o desfecho. É impossível largar a leitura no meio de um "caso".

Na verdade o livro funciona como uma biografia dessas mulheres , há um capítulo com recortes de jornais e reproduções de noticias da época,o que soma para enriquecer a edição maravilhosa...



Comigo a leitura funcionou em doses homeopáticas, li com outros livros mais leves, pois, realmente os detalhes são temerosos...

E você Tá Lendo?

quinta-feira, 1 de agosto de 2019

TBR de Agosto

Sempre!!!
E lógico uma nova TBR para seguir...
Se vamos ou não conseguir ler tudo, é outra história, mas tudo bem, daqui a pouco chega setembro com novas oportunidades...
Devemos confessar que esse mês estamos bastante audaciosas...
Vamos as nossas leituras!!!
Vamos de HQ para o  Clube de Leitura MãeLiteratura em parceria com a Editora Dark Side. Acontecerá na última terça-feira do mês de agosto as 20 horas no Shopping Tucuruvi. Confesso que estamos bem curiosa...



 Já para o grupo da Autêntica vamos ler As garotas Madalenas! Parece ser uma leitura tensa...



Sinopse

Romance de Época não pode faltar!!! Certeza que vou amar...

Saindo da ficção!

 E lógico temos um livro nacional também!!! Tentando manter nossa meta, que falamos lá no começo do ano: Ler pelo menos um nacional por mês!!!


Estudando bastante também, temos que estar sempre nos aperfeiçoando e confesso que estou amando também...

 










Ufa!!!

E você Tá Lendo?

terça-feira, 30 de julho de 2019

Resumo do mês de Julho

Acho que pisquei e acabou o mês!!!


Mês de férias, achei que ia ler muito....SQN, por incrivel que parece, férias é o mês que menos leio...
Aproveitamos muito para ir ao cinema, ao parque ou simplesmente não fazer nada...

Lógico que até levava um livro, mas....Ele ficava fechadinho, na maior parte do tempo.





Vamos falar do que li!!!

Em minha defesa vocês podem ir lá na TBR de julho e saibam que lemos tudo!!! Só não resenhamos ainda, na verdade agora que comecei a fazer as resenhas do mês de junho, estou tentando ler e resenhar, mas nem sempre é possível...
Aqui no blog rolou algumas resenhas:

 
Resenha

Resenha

Resenha
Resenha
Resenha

Resenha

Por ser um mês de férias até que conseguimos manter o pique...Bora torcer para agosto ser tão bom quanto julho. Pena que não vai rolar férias e nenhum feriado, rs...




👉Fotos tiradas por mim!!!

👉Fotos tiradas do pinterest!!!


E Você Tá Lendo?

quarta-feira, 24 de julho de 2019

Resenha Pequenas Realidades


Livro: Pequenas Realidades
Autor: Tabitha King
Editora: Dark Side
Páginas: 317



Leitura do mês de julho para o clube do livro da Dark Side em parceria com a Claudia do blog Mãe Literatura.
Escrito por Tabitha King, esposa do aclamado Stephen King, esse livro nunca iria entrar na minha lista se não fosse o clube..Tenho que ser realista!!!


Publicado na década de 80, no auge dos experimentos, o livro está mais como ficção científica do que terror...
Confesso que quando li a contra capa, fiquei temerosa...Amo miniaturas, e como mãe de menina aqui em casa temos três casinhas de boneca...


Vamos conhecer Dorothy Hardesty Douglas, filha do ex-presidente e obcecada por miniaturas...
Dorothy embora seja uma senhora é extremamente mimada e acha que pode mandar em tudo...Não aceita ser contrariada...
Mantém um relacionamento de aparências com a nora, pois, é ela responsável por criar as miniaturas perfeitas para suas "casinhas"...


Do outro lado surgirá um "cientista", Roger Tinker, um homem que nos leva a acreditar que fracassou em todas as áreas... Um homem que foi totalmente desacreditado pelo governo (ele trabalhou para o governo)...Mora com a mãe e tem um laboratório no sótão de sua casa...

Em um dado momento este homem inventa um objeto que poderá ter muita utilidade para Dorothy...
Então o cientista apresenta o seu experimento para Dorothy e teremos cenas deprimentes...

Sinceramente achei a leitura bem arrastada, (só não desisti devido ao clube), ela deixa muita coisa no ar, sem explicação...Mesmo assim achei o final lindo!!!



E você, Tá Lendo?

segunda-feira, 22 de julho de 2019

Resenha A Pequena Sereia

Livro: A Pequena Sereia
Autor:Louise O` Neill
Editora: Dark Side
Páginas: 224













Leitura realizada no mês de maio e foi o livro escolhido para o Clube do Livro Dark Side em parceria com o Blog Mãe Literatura.

Que livro lindo! Cheio de brilho...As páginas em azul degradê e lógico tem a fitinha, charme de todas as edições.

E quem comprou direto da Dark Side, o livro vem com esse caderninho!!!


Nas primeiras páginas vamos ter uma contextualização do conto da Disney...


A história fica bem longe daquele conto que conhecemos...
Ela tem 15 anos, sonhava com esse momento pois iria poder subir até as margens e ter a oportunidade de ver os humanos...
Gaia seu verdadeiro nome, foi dado por sua mãe, mas, é um nome proibido no Reino, pois, é um nome humano...Todos a chamam de Muirgen.
Mãe!!!!|Palavra que fica sufocada dentro da garganta... Foi capturada por humanos...Ninguém fala disso, e ela sabe que algo não se encaixa nessa história, por isso, deseja tanto conhecer o mundo dos humanos e descobrir o que realmente aconteceu...
Gaia é a mais linda das sereias...E lá no reino é a única coisa que importa, é a beleza...A mulher é proibida de falar, de ter ideias....Ela é apenas um objeto de decoração, um troféu...
É possível sentir a opressão durante a leitura... São obrigadas a estarem sempre sorrindo, todas as noites vão para cama com fome, pois, o Rei abomina sereias gordas...


No mundo dos humanos, isso acontece com frequência...Quantas mulheres sofrem por não gostar do seu corpo, por acreditar em uma sociedade hipócrita e machista onde a beleza é fundamental...
Quantos procedimentos de beleza são submetidas, simplesmente para agradar...
O livro trás um paralelo muito grande com a nossa realidade...Não é apenas uma releitura de um conto de fadas,e sim  um grito de alerta!!!
Gaia é prometida para o guardião do Reino, que tem idade para ser seu pai...Nem isso elas tem direito a escolher...Que nojo!!! Sabemos que isso é algo real...Quantos pais não vendem suas filhas...
Temos de forma bem sutil uma critica a política. O reino é divido: aqueles que obedecem ao rei são privilegiados, e os que discordam ou pensam de maneira diferente são excluídos.

Completos 15 anos a história muda...






Fotos tiradas por mim💖💖💖
Fotos retiradas do Pinterest👊👊

E você Tá Lendo?