terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Resenha - Mentes Milionárias

Livro: Mentes Milionárias
Autores:  Dra Teresa Aubele, Dr. Doug Freeman, Susan Reynolds, Lee Hausner
Editora: Universo do livros
Nota:★★★

Sinopse: Um treinamento para enriquecer! O que Bill Gates, Eike Batista, Warren Buffet e Carlos Slim têm em comum? Como esses empresários bem-sucedidos enriqueceram de forma tão eficaz? Em Mentes milionárias, você vai descobrir que, assim como é possível exercitar seu corpo para entrar em forma, você também pode treinar sua mente para ajudá-lo a conseguir a riqueza que tanto almeja. Um time de especialistas apresenta um método único – baseado nas mais recentes descobertas da neurociência, biologia e psicologia – que ensina como ganhar dinheiro aproveitando as habilidades incríveis que sua massa cinzenta possui. Acredite: sua mente é a melhor ferramenta para tornar-se rico.

Esses livros que são focados mais em administração é difícil de fazer uma resenha, então eu vou resumir e passar para vocês o que eu aprendi com esse livro.
Esse livro é para pessoas que querem ou precisam mudar suas vidas financeiras, como também renovar a sua mente dos antigos conceitos de dinheiro que não ajuda em nada, muito pelo contrário só atrapalham.

“A nossa vida acontece em pelo menos quatro ramos distintos. Esses quatro quadrantes são o mundo físico, o mundo mental, o mundo emocional e o mundo espiritual. O que a maioria das pessoas nunca percebe é que o reino físico é apenas uma “impressão” dos outros três”.

E neste livro os autores dividiram em duas partes sendo:
- O seu modelo de dinheiro: que tem a ver com o caráter, o pensamento e as crenças que são conceitos fundamentais no sucesso das pessoas segundo os autores.
- os arquivos da riqueza:  após vários estudos e pesquisas, os autores alguns modos de pensar e agir que distinguem os ricos das outras pessoas, vou colocar os mais legais.

1.       Os ricos criam sua própria vida {as pessoas de mentalidade pobre acreditam na seguinte ideia “na minha vida, as coisas acontecem”}.
2.       Os ricos assumem o compromisso de serem ricos {essa foi a que eu mais gostei, exemplo: uma pessoa que se finge de rica, usa roupas de marca, tênis caro, mas não tem uma casa própria ou um carro, mora de aluguel e anda de ônibus, invista nos lugares certo seu dinheiro}.
3.       Os ricos focam as oportunidades.

“Dinheiro é resultado, riqueza é resultado, saúde é resultado, doença é resultado, o seu peso é resultado. Vivemos num mundo de causa e efeito. […]A falta de dinheiro é o efeito. Mas onde está a causa? Ela se resume ao seguinte: a única maneira de mudar o seu mundo “exterior” é modificar o seu mundo interior”.


Eu gostei do livro, foi um livro bem rápido de se ler, normalmente quando eu leio esse tipo de livro eu gosto de passar num filtro e se aquilo que é proposto  não vai contra meus credos eu tento e aplico em minha vida pessoal.
Então fica a dica de uma leitura leve e que faz você pensar.

“Você se esquece daquilo que escuta; você se lembra daquilo que vê; você entende aquilo que faz”.


E você, tá lendo?

sábado, 17 de fevereiro de 2018

Novo Projeto

Como resistir a um projeto???


Nós também não, ainda mais, quando o projeto refere-se a autor nacional, aí seria um crime não participar...Então aceitamos o convite do Blog Literall !!!
Vamos ler Jorge Amado em ordem cronológica!!! Com direito a grupo no WhatsApp e debate no final do mês... 
O primeiro livro O País do Carnaval já tem data: 10/03



Serão quase três anos de projeto!!! E o Renan explicou tudinho aqui

E você Tá Lendo?




sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Resenha - Surpreenda-me

Livro: Surpreenda-me
Autora: Megan Maxwell
Editora: Suma Das Letras
Nota: ★★

Sinopse: Björn é um atraente advogado alemão para quem a vida sempre foi fácil. É um homem apaixonado pelas mulheres e pelo sexo sem compromisso. Adora participar de jogos sexuais e tem sempre a companhia que quiser à disposição: sabe o fascínio que exerce sobre o sexo oposto. A espanhola Melanie é uma mulher independente, que chama atenção pela beleza e pelo temperamento forte. Como piloto do Exército americano está acostumada a levar uma vida de riscos constantes, embora sua principal missão seja lutar para criar sozinha a filha Sami. Quando o destino os coloca cara a cara, a tensão entre eles é evidente... Mas a hostilidade que marcou o encontro deles a princípio pouco a pouco se transforma num desejo incontrolável. O romance que os fãs de Megan Maxwell estavam esperando: as aventuras e desventuras sexuais de Björn, um dos personagens mais encantadores da série Peça-me o que quiser. Em Surpreenda-me, Megan Maxwell traz de volta os personagens da trilogia Peça-me o que quiser ao contar a história do encontro entre Björn e Melanie. Os melhores amigos de Eric e Judith se entregam a uma paixão devastadora escondidos de todos. E deverão vencer os próprios preconceitos se de fato ainda forem capazes de amar e de construir juntos uma nova vida.


A trilogia Peça-me O Que Quiser foi meu primeiro contato com a autora, confesso que gostei  muito da trilogia e tinha expectativas sobre este livro, mas fiquei  desapontada, não pelo livro  não ser bom, apenas comigo  não funcionou. Acho que o que mais me desagradou foi a personagem Mel.   

Sei  que a autora quis criar um conflito  entre os personagens, aquele tipo de que eles se odeiam mas são atraídos um pelo outro, mas chegou uma hora que a personagem estava me saturando com sua língua afiada e seu jeito  de ser a mulher Maravilha como é apelidada no livro.

"Mas o que acontece com as duas Superwomen?Judith olhou para ele com tristeza e antes que explicasse Mel se adiantou.- Veja só, bonequinho, até as Superwomen têm sentimentos.Ele as encarou com surpresa. No caminho para o escritório, levando duas cervejas e querendo saber o que estava acontecendo, ele soube o que tinha que fazer. Chegando lá, ele colocou as garrafas na mesa de Eric e comentou:- A sua pequena está se acabando de chorar na cozinha.Não foi preciso dizer mais nada. Eric se levantou rapidamente e foi até lá. Björn foi atrás e ouviu o amigo perguntar logo que abriu a porta:- O que foi, querida?"

Quanto a história, acho que algumas coisas aconteceram fáceis demais e outras que deveriam ser mais simples foram virando uma bola de neve e todo aquele blá-blá-blá que já sabemos.

Não posso dizer que amei a história, porque eu senti falta de se ter uma, mas se você procura um livro com cenas de sexo e coleguinha, se prepara porque são quentes viu ... 🔥🔥🔥,aqui você vai encontrar, mas pra mim faltou um pouco de sentimento, eu  admito  que gosto  do  gênero  adulto, mas creio que a história fica melhor quando  a relação envolve sentimento, e aqui fica forçado é tudo muito rápido, muito repetitivo.   



Agora se você seu a trilogia e achava que o Iceman e a Jud eram cabeças duras, pensa nesse casal que só sabe brigar até a metade do livro e contar suas aventuras na casa de swing.

A ápice do livro é quando um personagem morre (não posso contar, spoiler não é legal), e percebemos que Björn se preocupa com a filha  (que é uma fofinha por sinal) da Melanie, a Sami e vai atrás dela.

Bom o final, nós já sabemos como será ... Björn e Mel ficam juntos, param de brigar e vivem felizes para sempre.

E você, tá lendo?



quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Resenha - Outros jeitos de usar a boca




Livro: Outros jeitos de usar a boca
Autor: Rupi Kaur
Editora:Planeta
Página: 207
Avaliação do Blog: ✰✰✰✰✰

Hoje vamos falar de um gênero que a pessoa aqui, não tem costume de ler, esse é o primeiro livro da minha estante com esse gênero e confesso que já estou procurando o próximo.
Estou totalmente apaixonada por essa narrativa e lógico vocês irão voltar a ver esse livro no final do ano, no post  os melhores livros do ano...
Não foi possível ler sem mergulhar por completo, sentir as dores, os medos, as decepções, as aflições contidas na narrativa, embora seja, uma escrita poética, ela é perturbadora, forte, como se você estivesse não lendo, mas, vivenciando tudo aquilo...
Em cada página um tapa na cara, não tem como fechar os olhos, a todo instante você depara com algo real, que sua amiga sofre, que sua irmã sofreu ou você mesmo, como a traição, o estupro, o machismo oculto, velado, mas tão presente na nossa sociedade.
O livro é dividido em quatro assuntos ou se preferir em "livros": a dor, o amor, ruptura e a cura.
Imagem retirada do Pinterest

Diferente dos outros esse livro você não precisa obedecer uma sequência, ou ler de uma vez...Ele deve ser saboreado, digerido e relido...
Então se estava procurando um livro de cabeceira aqui esta!

E você Tá lendo?

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Resenha - Red Hill

Título: Red Hill
Autora: Jaime McGuire
Editora: Verus
Nota: ★★★★

Sinopse:  Para Scarlet, cuidar de suas duas filhas sozinha significa que lutar pelo amanhã é uma batalha diária. Nathan tem uma uma mulher, mas não se lembra o que é estar apaixonado; a única coisa que faz a volta para casa valer a pena é sua filha Zoe. A maior preocupação de Miranda é saber se seu carro tem espaço suficiente para sua irmã e seus amigos irem viajar no fim de semana, escapando das provas finais da faculdade.

Quando a notícia de uma epidemia mortal se espalha, essas pessoas comuns se deparam com situações extraordinárias e, de repente, seus destinos se misturam. Percebendo que não conseguiriam fugir do perigo, Scarlet, Nathan, e Miranda procuram desesperadamente por abrigo no mesmo rancho isolado, o Red Hill. Emoções estão a flor da pele quando novos e velhos relacionamentos são testados diante do terrível inimigo – um inimigo que já não se lembra mais o que é ser humano.

O que acontece quando aquele por quem você morreria, se transforma naquele que pode lhe destruir? Red Hill prende desde a primeira página e é impossível deixa-lo até o final surpreendente. Este é o melhor da autora Jamie McGuire!”
Começamos a história acompanhando a rotina de Scarlet uma enfermeira, que antes de ir trabalhar acaba deixando as filhas passar o final de semana com ex-marido. Ao chegar no trabalho ela se depara com uma paciente um tanto quanto inusitada, uma jovem com fortes dores no estomago após ser mordida por um bêbado.

Porem ao realizar o exame nesta paciente, Scarlet percebe que não parece ser uma simples obstrução estomacal, mas sim algo muito mas muito sério e a partir desse ponto, é instalado o caos no hospital onde ela trabalha. Vários pacientes chegam com sintomas parecidos, mas em poucos momentos acabam se tornando verdadeiros walking dead (mortos-vivos), desesperada, Scarlet consegue fugir do hospital e a seu único objetivo é ir resgatar suas filhas numa cidade chamada Anderson. 



Neste meio tempo somos apresentado a mais alguns personagens, como Nathan no qual é um funcionário do hospital também, mas que estava de folga e vive uma vida rotineira, pois sua esposa nunca mais foi a mesma após ter dado a luz a Zoe, e no dia do apocalipse ela resolver sair de casa e deixar toda a responsabilidade para o pai (que já era mãe e pai, mesmo ainda estando casado). Então Nathan vai buscar sua filha na escola e o caos está em todos os estados americanos, numa busca incessante entre a sobrevivência, ele resolve se arriscar e ir para o interior na casa sua irmã Jill e seu cunhado Skeeter.

Porém sem tudo são flores no trajeto dessas pessoas, e somo apresentados a Miranda, filha de um dos médicos para qual Scarlet trabalha, uma patricinha mimada que só se preocupa com seu carro para que ele não seja atingido (o carro é um New Beattle), ah, vale ressaltar que nesse carro também estão seu namorado Bryce, sua irmã e seu cunhado, e todos esses personagens estão indo para um rancho chamado Red Hill. Temos muitas perdas, muitas descobertas, sentimentos que estavam adormecidos, o medo do desconhecido, e acima de tudo a confiança que temos que ter em desconhecidos e até que ponto uma pessoa pode ser confiável (essa é a melhor parte).

Miranda? Ele... ele pegou o cara!” – Espiei por cima do volante e vi o segundo homem tentando puxar o próprio braço para fora da boca do primeiro. Um misto de gritos e gemidos se erguia do embate frenético dos dois.

Scarlet, é a primeira a conseguir chegar no rancho, e lá ela consegue criar um sistema de segurança meio tupiniquim confesso, mas funcional para saber quando esses rastejadores estão por perto, aos poucos os personagens vão se encontrando e chegando no rancho Red Hill, não vou falar muito, porque posso dar spoiler, mas gostei demais do livro, o final eu queria saber um pouco mais confesso, mas mesmo assim gostei, e esse livro entra no meu top 10 do ano. E só uma informação, sim Scarlet consegue encontrar suas filhas.

Pare onde está. Se consegue entender o que estou falando, por favor, pare. Vou acertá-lo com este bastão se você se aproximar.” – Zoe agarrou a parte de trás da minha calça e eu segurei firme na parte de alumínio do bastão. “Feche os olhos, Zoe.

Então, se você gosta de um livro que te prende do começo ao fim, com aquele frio na barriga, eu super recomendo Red Hill, muito bem escrito, uma história que te prende, personagens fortes e muito bem construídos, e acima de tudo o amor que uma mãe tem por seus filhos e sua infinita fé.

E você, tá lendo ?


sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

TBR de Fevereiro

Oiii pessoal !!

Vamos a nossa TBR (to be read / para ler) de fevereiro, fomos tão mocinhas, todos os livros colocados na TBR de janeiro foram todos lidos e resenhados!!!

Nosso Projeto Tá Lendo Calhamaço esta caminhando! Vamos para o Livro III dos Miseráveis e o Livro IV das Crônicas de Nárnia...



Será que teremos o mesmo sucesso em fevereiro?
Essas são nossas escolhas (por enquanto):


















Não iremos falar dos livros, porque pretendemos resenhar todos!!

E vocês animados com a TBR de fevereiro ? Conta pra nós, quais são suas metas de fevereiro. 

Até mais, Blog Tá Lendo!

quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Resumão de Janeiro

Olha nós aqui de novo!!! Chegou o dia de fazer aquele resumão, conversar sobre nosso mês literário. Estamos bem satisfeitas, nossa TBR de janeiro foi concluída e conseguimos resenhar todos!!!
Na verdade lemos até mais do que foi proposto!!! Esperamos chegar nesse pique total até dezembro...
Esses livros são referente ao Projeto Tá Lendo Calhamaço e estamos pensando em fazer pequenos resumos de leitura, mas, explicamos o projeto aqui.

Olha o nosso bônus!!! Não estavam na TBR mas foram leituras concluídas, e em breve teremos resenha!


E como foi o mês literário de vocês? Conta pra gente nos comentários, será que tivemos leituras em comum???
Beijinhos e até a próxima!
E você Tá Lendo?