sábado, 31 de março de 2018

Resumão mês de março!

Chegou a hora de fazer um balanço das nossas leituras do mês de março!!! Nossa TBR está aqui para vocês conferirem!!! Deixe nos comentários se já leram alguns desses... Foram 10 resenhas, fora o nosso projeto Tá lendo Calhamaço que não tem resenha aqui no blog, mas, vocês podem acompanhar pelo Instagram.
Vamos começar pelo projeto Tá Lendo Calhamaço em parceria com o blog Mãe Literatura, e as meninas do IG Farofa Literária.
Estamos lendo Os Miseráveis e chegamos  na página 865!!! Foram 408 páginas lidas esse mês!!! Estamos bem satisfeitas!


Outro calhamaço As Crônicas de Nárnia, como vocês sabem estamos lendo um livro por mês, esse mês foi a vez do conto/crônica A Viagem do Peregrino da Alvorada...E o que aconteceu??? Ficamos empolgadas e terminamos a leitura... Segundo calhamaço do ano concluído!!!


Nosso outro projeto Lendo Jorge Amado em Ordem Cronológica, em parceria com o Renan do Blog Literall também caminhou bem. Lemos Cacau, o segundo livro do Jorge Amado publicado e logo teremos resenha...

Vamos de leitura "livre"!!!
Divina Essência e o País do Carnaval, foram leituras do mês de fevereiro, mas, só agora, conseguimos resenhar, por isso, entrou no nosso resumo...







E vocês, o que leram esse mês? 

quarta-feira, 28 de março de 2018

Resenha - Desastre Iminente


Livro: Desastre Iminente
Autor: Jamie McGuire
Editora: Verus Editora
Páginas: 405
Nota:★★★★

Sinopse: Toda história tem dois lados. Em Belo desastre, Abby disse o que pensava. Agora chegou a hora de conhecer os fatos pelos olhos de Travis. BEST SELLER Nº 1 DO NEW YORK TIMES Travis perdeu a mãe muito cedo, mas, antes de morrer, ela lhe ensinou duas regras de vida: ame muito, lute mais ainda. Tendo crescido em uma família de homens que gostam de jogos e lutas, Travis Maddox é um cara durão. Musculoso e tatuado, bad boy até o último fio de cabelo, ele leva uma mulher diferente para casa a cada noite. Até conhecer Abby Abernathy... Determinada a se manter longe de problemas, Abby resiste com todas as forças ao charme de Travis, sem saber que assim só o deixa mais determinado a conquistá-la. Será que o invencível Travis “Cachorro Louco” Maddox vai ser derrotado por uma garota?

Como a própria sinopse diz: toda história tem dois lados e foi pela curiosidade de saber o ponto de vista de Travis que eu devorei o livro Desastre Iminente. Mas mesmo assim é arriscado falar de um livro no qual você é apaixonada pelo protagonista e pela escrita da autora, em Desastre Iminente acompanhamos a história do maravilhoso boy magia Travis Maddox, um universitário que lutava por dinheiro e era acostumado a ter a mulher que quisesse aos seus pés, na verdade nem todas ... até ele conhecer a Abby Abernathy, e ela era a única que não sofria (sim, você leu certo, está no passado kkk), e nem caia de amores pelo nosso boy magia.

“A única coisa negativa na nossa amizade era que, quanto mais tempo passávamos juntos, mais eu gostava dela...”

A história gira em torno da Abby pois ela o tratava (Travis Maddox) com uma normalidade de uma colega de classe e não se derretia por qualquer feito dele, mas até o sentimento de amizade se tornar esse amor arrebatador temos vários altos e baixos e é muito esclarecedor e emocionante e claro em muitas partes engraçadíssimo entender esse mix de sentimentos de ambos.

“Um dia você vai se apaixonar meu filho. Não se acomode com qualquer uma. Escolha a garota que não vem fácil, aquela pela qual você vai ter que lutar, e então nunca deixe de lutar por ela...”

Com essa versão conseguimos entender as explosões de ira, o desespero e o seu impulso de fazer merda no qual o Travis passa ao se apaixonar por Abby. Então imagina aquele cara que sempre tem garotas aos seus pés e a única que ele quer, ela nem o nota. Podia estar pintado de ouro que Abby não se impressionava.

Então minha dica é ... antes de cair de boca na versão do Travis, leia Belo Desastre, pois alguns fios que ficaram soltos neste livro, e com o lado da história de Travis, conseguimos arrematar essa linha solta.

“ – Meu Deus Travis! Você quase me mata de susto! – Se você atendesse o telefone quando eu ligo, eu não precisaria te seguir no escuro.
- Você está com uma cara horrível.
- Estive no inferno uma ou duas vezes essa semana...”

E você, tá lendo ?

segunda-feira, 26 de março de 2018

Resenha Por lugares Incriveis

Nome por Lugares Icriveis
Autor: Jennifer Niven
Editora Seguinte
Páginas 335
Nota: ✰✰✰✰✰


Sabe quando você termina um livro, mas, esse não termina? Ele fica nos seus pensamentos, você fica toda hora tentando entender o por quê, tentando achar um culpado para o que aconteceu... Pega outro livro mas, impossível, pois o outro ainda povoa seus pensamentos...


Então, isso foi o que aconteceu quando terminei de ler " Por Lugares Incríveis"!!!
Vamos conhecer Theodore Finch e Violet Markey. Duas pessoas naquela fase critica que  já passamos ou com certeza, você irá passar... Nem adolescente nem adulto, com problemas únicos, talvez comuns, mas, completamente perdidos, sozinhos e o que é pior rodeado de pessoas...
Em um dado momento se encontram, afinal, estudam na mesma escola, com  uma disciplina em comum...Juntos faram um trabalho, e terão que aprender a conviver...
Teremos a oportunidade de  conhecer um ambiente escolar,( me fez lembrar quando cursava o ensino médio) e descobrir como os "adolescentes", podem ser ruins... Caráter? Índole? Educação é de casa? Se aprende??? O que acontece quando você não se encaixa no perfil que criaram, o que acontece quando você não é popular???



Esse livro vai muito além, não tem como ler de uma vez só, porque é pesado, é desesperador, você quer entrar no livro, mudar o rumo,  mas, a única coisa que pode fazer é acompanhar e ver o que vai dar... E sabe por que é tão dolorido? Por que é um assunto que não queremos ver, pois, é mais fácil fingir, ignorar, afinal não é com você, mas, infelizmente o final pode ser desastroso. 
 A autora, Jennifer Niven, fugiu totalmente do obvio, sabe quando você está lendo e pensa, "ah, agora vai sair o primeiro beijo!", esquece, essa história é totalmente imprevisível...
A história é narrada no presente, e os capítulos são alternados, ora narrado por Finch ora por Violet.
Os assuntos tratados aqui são delicados, difíceis como por exemplo, o luto, mas, são necessários, e a autora não romantizou nada, tratou com respeito como deve ser, mas, mostrou o real...
Queria poder contar mais, falar um pouco dos meus sentimentos em relação ao livro, mas, seria spooler...
Então leiam e procure a gente no Instagram!!!
Super beijo e uma ótima leitura...

E você Tá Lendo?






sexta-feira, 23 de março de 2018

Resenha - Bela Distração




Livro: Bela Distração - Irmãos Maddox - Livro #1

Autora: Jamie McGuire
Editora: Verus Editora
Páginas: 308
Nota: ★★★★


Sinopse: O fenômeno de Belo Desastre continua com este primeiro volume da série Irmãos Maddox Cami Camlin é uma garota intensa e independente. Agora, cursando a faculdade e trabalhando como bartender no The Red Door, Cami não tem tempo para nada, até que uma viagem para visitar seu namorado é cancelada e, pela primeira vez em quase um ano, ela tem um fim de semana de folga. Trenton Maddox era o rei da Universidade Eastern. Mas, depois de um trágico acidente virar sua vida de cabeça para baixo, ele deixa o campus para lidar com a culpa esmagadora. Um ano e meio depois, Trenton está morando com o pai e trabalhando em um estúdio de tatuagem para ajudar a pagar as contas. Justamente quando ele pensa que sua vida está voltando ao normal, nota Cami sozinha em uma mesa no Red Door. Como a irmã mais velha de três caras de pavio curto, Cami acredita que não terá problemas para manter a amizade com Trenton no nível estritamente platônico. Mas, quando um Maddox se apaixona, é para sempre — mesmo que Cami possa ser a razão para que a já fragilizada família Maddox desmorone de vez. Em Bela distração, mergulhamos novamente nas emoções do universo de Belo desastre, além de vislumbrar mais alguns momentos do casal mais amado da literatura new adult, Travis e Abby.

Primeiro livro da série dos irmãos Maddox, em Bela Distração o livro é sobre Treton e Cami, que por ser sobre um dos Maddox já começa intenso, desde o inicio tem segredos que Cami esconde do Treton que pode mudar muito na vida deles e principalmente na dele. Trenton não é muito diferente de qualquer um dos Maddox, porém depois de um acidente tudo muda, ele deixa a faculdade onde era o sonho de todas as mulheres e inspiração para os homens e vai morar com o pai, para viver ele vai trabalhar em um estúdio de tatuagem, nessa época onde ele pensa que pode começar de novo ele vê Cami, e ela por sempre manter convivência com homens acha que não teria problema em manter apenas amizade com Trenton, porém nem tudo vai como o planejado.



Em Bela Distração, por mais que seja um livro dos irmãos Maddox ele é todo do ponto de vista da Cami, e sinceramente a narrativa da Cami foi um ponto chave para a história e para o final chocante, sim CHOCANTE, e que idéia brilhante a Diva Jamie, em colocar um livro para cada irmão, e mais ainda em Bela Distração temos algumas partes de como iniciou o romance de Travis e Abby(Belo Desastre) ou seja, pura nostalgia.

‘’A primeira vez que te vi no parquinho eu entendi o que era beleza. A primeira vez que você me ignorou foi a primeira vez que alguém partiu meu coração. Achei que eu estava fazendo as coisas certas, desde o instante em que sentei na sua mesa no Red. Ninguém nunca desejou uma pessoa como eu desejo você."

Esse é definitivamente um romance, totalmente surpreendente e aborda um tipo de relacionamento muito leve (mesmo com algumas conturbações), pra ser lido de uma vez porque quem já leu Belo Desastre ou Red Hill (sim, ela é fantástica, consegue escrever sobre tudo, incrível) sabe que a escrita de Jamie é fascinante, deem uma chance para a série dos irmãos Maddox. Porque quando um deles se apaixona é para sempre, e quando você lê o primeiro livro da Jamie, a paixão vai ser pra sempre também!



O único ponto que eu queria saber mais que é uma das cenas mais sufocantes, vamos assim dizer é sobre o relacionamento dela com os pais, no livro lemos que o pai é um alcoólatra e que não tem filtro, trata a todos como um saco de areia, ou seja na pancada, queria um final bem ardido para ele 💀.

E você, tá lendo?

terça-feira, 20 de março de 2018

Resenha - O Velho e o Mar


Livro: O Velho e o Mar
Autor: Ernest Hemingway
Editora: Bertrand Brasil 
Nota: ★★★★

Sinopse: Depois de anos na profissão, havia 84 dias que o velho pescador Santiago não apanhava um único peixe. Por isso já diziam se tratar de um salão, ou seja, um azarento da pior espécie. Mas ele possui coragem, acredita em si mesmo, e parte sozinho para alto-mar, munido da certeza de que, desta vez, será bem-sucedido no seu trabalho. Esta é a história de um homem que convive com a solidão, com seus sonhos e pensamentos, sua luta pela sobrevivência e a inabalável confiança na vida



Sempre tive um interesse em ler Hemingway, e sempre tive um receio tão grande de resenhar esse escritor, por tamanha preciosidade que ele nos deixou e tamanha responsabilidade, pois bem, me apaixonei na primeira página deste livro e não consegui mais largar até finaliza-lo.

Nesta história conhecemos o pescador Santiago que está “numa maré de azar”, há 84 dias não consegue pescar nada, seu jovem amigo Manolin foi proibido pelos pais de continuar a acompanhar o velho pescador pois acreditava-se que esse azar, poderia passar para o jovem, então no 85° dia, o velho pescador faz a sua rotina, levanta antes do nascer do sol, pega seu barco e sai para pescar, porém neste exato dia ele consegue pescar um peixe de tamanho descomunal e é a partir desse momento que começa uma batalha entre o velho pescador e o peixe.

“Entretanto, o velho pescador pensava sempre no mar no feminino e como se fosse uma coisa que concedesse ou negasse grandes favores: mas se o mar praticasse selvagerias ou crueldades era só porque não podia evitá-lo”.

O que eu reparei na escrita de Heminway é que é um texto sem intervalos, é um texto corrido, mas isso não denigre a magnitude de sua obra. Muito pelo contrário, com uma história enxuta ele consegue elucidar e delinear as imagens com tamanha clareza na mente do simples leitor.

“Dentro só havia uma cama, uma mesa, uma cadeira e um canto no chão sujo, onde se podia cozinhar a carvão. Nas paredes castanhas do duro guano viam-se uma imagem colorida do Sagrado Coração de Jesus e uma outra da Virgem de Cobre. Ambas eram relíquias de sua mulher. Em tempos, houvera na parede uma fotografia da esposa, mas ele a tinha tirado porque se sentia muito só ao olhá-la todos os dias, agora estava escondida numa prateleira, debaixo de sua camisa lavada..."

O que podemos encontrar nesta história ? Essa é uma história de determinação e superação, de coragem e de força, de crer em você mesmo, e sobretudo amizade. Acredito que seja apenas umas simbologia a batalha do velho e do mar, pois em vários momentos eu parava e pensava ... essa história é sobre nós humanos e sobre a vida. Uma epifania começava em minha mente, recomendo a todos.



E você,  tá lendo?



sábado, 17 de março de 2018

Resenha - Quem sou eu, afinal ?

Livro: Quem Sou Eu, Afinal?
Autor: Ricardo Valverde
Editora:  Novo Século
Nota: ★★★★

Sinopse:  Após doar seu sêmen pela última vez, Daniel Lebzinski, um senhor envolto em tristeza e amargura, tenta retornar a sua casa, mas é surpreendido pelo esquecimento. O que parecia ser apenas um fato isolado transforma-se em uma série de eventos repetitivos. Com o auxílio de Judith Stelar, enfermeira e amiga de longa data, o doador é diagnosticado com o Mal de Alzheimer e passa a lutar contra essa terrível doença. Benjamim, um jovem doce e sonhador, está prestes a descobrir o amor pela primeira vez com Laila, sua namorada, quando se depara com um antigo exame, que irá mudar a trajetória de toda a sua vida. Ao descobrir que seu pai é estéril, o jovem parte em busca de sua verdadeira origem. Elad Raviv, um marido distante e ausente, se vê frente a frente com os mais profundos abismos de seu coração e parte em uma árdua jornada à procura de uma razão para viver. O que essas três histórias podem ter em comum? Quem são eles, afinal? Por qual razão a vida os colocou no mesmo caminho?

Conhecemos o escritor Ricardo Valverde no lançamento de seu livro com a parceria de Marcelo Siqueira  no qual comentamos aqui. E foi uma grata surpresa, quando eu fui pedir seu autografo, ele me deu um marcador de seu romance Quem Sou Eu, Afinal, e no rápido bate-papo que tivemos fiquei muito interessada no livro, e não tive dúvidas, quando eu comecei a lê-lo, que grata surpresa, um enredo fascinante, uma história que te faz querer entrar nela, e os personagens com características impar. 

Não tem como ler essa história e não se emocionar,  ele consegue retratar muito bem a doença de Alzheimer de forma impactante. A riqueza de detalhes dessa história é de impressionar, temos citações de lugares e pessoas magníficos como judeus, romanos, palestinos, Jerusalém, o Muro das Lamentações, ruas de Tel Aviv. O livro se passa em duas situações no passado e no presente, mas que no final as histórias se encontram e fecham com chave de ouro.

O livro Quem sou eu, afinal? é sobre como a vida da voltas, e as surpresas que o destino nos prega, mas muito alem disso, temos o autor conseguiu extrair sentimentos únicos, como amor, o que é verdade ou o que é mentira, confiança e compaixão e amizade. 

E você, tá lendo ?




quarta-feira, 14 de março de 2018

Resenha - Prometida


Livro: Prometida – Série Perdida #4
Autora: Carina Rissi
Editora: Verus Editora
Nota: ★★★★

Sinopse:  Elisa Clarke anda um pouco entediada. Seus dias parecem iguais e os bailes há muito deixaram de trazer algum prazer a ela. Não que seja uma surpresa, pois sempre que ela está presente os eventos se tornam um desastre! E é injusto, já que ela foi uma boa moça a vida toda. Nascida em uma das famílias mais influentes, a jovem aprendeu desde pequena a respeitar as normas sociais e se manter longe de escândalos. Na única vez em que ignorou uma dessas regras acabou noiva. E foi apenas um beijo, ora bolas! Um beijo com o qual Elisa fantasiou desde que conheceu e se apaixonou irrevogavelmente pelo belo e gentil jovem médico e que, como acontece nos contos de fadas, mudou sua vida para sempre. Mas não da maneira que ela esperava. Como consequência, agora está prometida a alguém que a despreza tanto que preferiu viver em outro continente. Tudo o que ela deseja é que as coisas permaneçam assim. Mas Elisa não sabe que seu noivo está a caminho do Brasil, e ela terá de enfrentar o homem cujo coração um dia se viu forçada a partir. Destinados a ficar juntos, mas separados por seus corações, eles se envolverão em uma sinuosa dança marcada por segredos, mágoas do passado, intrigas e uma arrebatadora paixão que colocará em perigo não apenas seus sentimentos, mas a vida de ambos.

Confesso que ler Carina Rissi é sempre uma surpresa, nunca sabemos o que esperar dessa escritora brilhante, porém, entretanto, contudo, foi interessante conhecer um pouco mais a Elisa a irmã do Ian Clark, mas achei que o livro se tornou um tanto extenso, que poderia ser feito a mesma história com menos embromação. Confesso que esse livro foi o único da série que até agora falei, é legal e só.  Não que a leitura não seja fluida, porem eu confesso que demorei para conseguir engrenar.

“Lia tanto que me flagrei pensando em qual dos mundos eu passava mais tempo: o real ou o imaginário ... “

Então em Prometida, conhecemos a história de Elisa que começa 3 anos após aos acontecimentos de Destinados, Ian e Sofia continuam sendo o casal que sempre amamos e agora a família aumentou além de Marina a primeira filhinha deles, eles tiveram a adorável Analu que é uma gracinha, dá vontade de morde-la no decorrer da história. Porém o foco principal é o casal Elisa Clark e Lucas Guimarães, por causa de uma omissão da parte de Elisa (a ida dela para o futuro, porém a família é muito legal e jamais diria algo para prejudicar Sofia então decidiram manter segredo), Lucas se sente traído, achando que existe outro gentleman na vida de Elisa, e resolve ir para a Europa e lá fica por um bom tempo, porém eles continuam no eterno noivado e se comunicam através de cartas, cartas essas que cada vez se tornam menos pessoais e sem sentimentos. Então em um baile dado pelo Sr. Moura, ela vê seu noivo e não sabia que ele tinha voltado para o Brasil. E é aí que a coisa começa a pegar fogo, entre farpas e respostas afiadas de um de outro ocorre durante toda a trama, um não dá o braço a torcer, mas ambos são loucos um pelo outro.

Ponto positivo, percebemos no decorrer do livro o quanto que a autora pesquisou, pois no livro o médico Lucas Guimarães faz menções honrosas a medicamentos que usamos hoje-em-dia mas que na época da descoberta foi o acontecimento do ano.

“Sempre tentei ser aquilo que esperavam de mim, fiz o melhor que pude para corresponder ás expectativas, e, mesmo sem nunca ter feito nada que pudesse comprometer a minha honra, ela acabou comprometida, porque estranhos decidiram especular sobre minha vida...”

Confesso que demora um pouco até que esses dois cabeças duras comecem a se entender, e tenham o desejado e esperado felizes para sempre. E assim acaba a nossa saga da série perdida, foi lançado recentemente o livro Desencontrada que conta a história de Valentina, mas eu de fato não irei ler, não porque eu não goste da personagem, mas sim porque as histórias começam a ficar repetitivas entre outras coisas.

“Creio que o amor seja feito disto: liberdade. Todos os dias ter diante de si inúmeras alternativas, mas acabar fazendo sempre a mesma escolha...”



E você, tá lendo?



segunda-feira, 12 de março de 2018

Resenha O País do Carnaval

Sinopse
Livro: O País do Carnaval
Autor: Jorge Amado
Editora: Record
Páginas:189
Nota: 04














O País do Carnaval foi leitura do mês de fevereiro e faz parte de um dos projetos que o blog está participando... Sim, adoramos projetos, e abraçamos alguns, outros confesso que ficou só no primeiro abraço, mas esse vamos com tudo. Se você ainda não conhece, é só clicar aqui.
Quando o Renan do Blog Literall nos convidou para participar do projeto Lendo Jorge Amado em ordem cronológica, aceitamos de cara, Primeiro porque já tinha visto um projeto parecido lá no canal da Tatiana Feltrim, o projeto dela se não me engano chama Primeiras Leituras, e consiste em ler um autor em ordem cronológica e segundo como já dissemos no post de abertura do projeto é literatura nacional, e não temos como recusar...


Primeiro romance do Jorge Amado, vamos ter um critica ao nosso País, fico imaginando o reboliço que causou na época, tanto que por ordem da policia ( ficaria melhor por ordem politica), o livro foi queimado em praça pública em 1937. Escrito em 1931, mesmo passados 87 anos podemos dizer que as criticas ainda são bem atuais.
Não basta fazer uma leitura dinâmica, é necessário ler nas entrelinhas, afinal...
" Ninguém sabe onde termina o cérebro e onde começa o coração." Página 81
Vamos conhecer um típico filhinho de papai, Paulo Rigger, será o protagonista da história, que volta ao Brasil, depois de ter estudado em Paris. 
Chega em pleno carnaval, e ouso dizer, que o rapaz fica escandalizado. Porquê dessa festa, em meios a tantos problemas enfrentados pelo País,ou, será apenas uma fuga? O povo pulando, dançando, será que terão tempo para prestar atenção no que acontece a sua volta???
É continua tudo igual, sempre que surge algum "acontecimento", "eles" tentam desviar nossa atenção..

Com tantas questões sem respostas, Rigger, vai encontrar e talvez se reencontrar com um grupo de "intelectuais" de Salvador e juntos irão discutir sobre amor, religião, filosofia e lógico politica...
Muitas perguntas ainda continuam sem respostas, mas, não é nossa intenção levar a discussão a adiante...
Mesmo assim, contradizendo, o que dissemos acima, deixamos uma pergunta no ar:
"É o País de mais futuro do mundo!" Página 13


Oi? Como?
E você Tá Lendo? 






  

sexta-feira, 9 de março de 2018

Resenha - Destinado - As memórias secretas do Sr. Clark


Autora: Carina Rissi
Editora: Verus Editora
Nota: ★★★★

Sinopse: Ian Clark é um homem de sorte e sabe muito nem disso. Ele encontrou a felicidade que tanto almejava ao lado de sua amada e complicada Sofia. Não que tenha sido fácil – mas o que é simples quando o assunto é sua esposa? O destino tem sido gentil, e por essa razão Ian se esforça tanto para ser um bom marido, um bom pai, um bom irmão. Entretanto sua felicidade começa a ruir no baile de aniversário de sua irmão Elisa. Ian assiste, impotente, enquanto sua vida perfeita se transforma em uma terrível catástrofe. A noite é desastrosa, e Elisa a menina que ele jurou proteger, se torna alvo de um escândalo. Mas o pior ainda está por vir. Um assunto do passado, um pesadelo que há muito o persegue, retorna para assombrá-lo. Aterrorizado com a possibilidade de perder Sofia outra vez, Ian segue seu coração na tentativa de proteger a mulher que ama, sem se importar com as consequências. Ele só não suspeitava que o preço a pagar seria tão alto. Em destinado: as memórias secretas do Sr. Clark, os leitores vão conhecer um novo capítulo da arrebatadora história de amor de Ian e Sofia – desta vez pela perspectiva desse cavalheiro que conquista corações por onde passa.

“Existe amores que foram feitos para durar uma vida toda ...”

E vamos a mais uma resenha da série que deixa a todos com os coraçãozinhos apaixonados, o terceiro livro da série Perdida, vamos só recapitular o que cada livro narra até o momento: Em Perdida o primeiro livro da série, conhecemos Sofia uma garota urbana que vive no século XXI e após passar por um série de acontecimentos foi parar no século XIX, e lá ela conhece e se apaixonada por nada mais e nada menos que o nosso gentleman Sr. Ian Clark. No segundo livro Encontrada, a autora contou a sequencia da história de amor de Ian e Sofia e mais uma vez encontramos com alguns personagens do primeiro livro e que finalizou com chave ouro na minha opinião. Então depois de dois livros sendo narrados por Sofia, a autora teve o seu momento Eureca! E resolveu contar a história pelo ponto de vista do Ian Clark, mas foi uma mescla de histórias que aconteceram no primeiro e no segundo livro, então meus amigos, não leia esse livro se você ainda não leu os dois primeiros, pois há pontos importantíssimos que são narrados pelo Ian que aconteceram mas na visão da Sofia, e como sabemos, uma história tem sempre dois lados.

“ Todo dia eu acordo e penso que é impossível amá-la mais do que já amo. E todo dia eu descubro que me enganei. Eu a amo a cada dia mais, a cada dia de uma maneira diferente ... “




Eu fui tomada por esse livro, como Putz, mais um ... eu achava que o segundo livro tinha me conquistado e por mim poderia ser o ultimo, mas foi tão leve a narrativa, tão marcante e a autora conseguiu entrelaçar o passado e o futuro novamente com maestria, resumindo, Ian, Elisa e Sofia foram parar no século XXI e ficaram perplexos com o que a Sofia deixou para ficar com seu grande amor, mas houve um motivo muito nobre para que eles fossem parar lá, que só final descobrimos, teve partes que o coração ficava apertado, devido a certos acontecimentos que poderia colocar um ponto final na história de amor mais apaixonante que conhecemos, e isso me deixava com os olhos marejados e o coração apertado.

“Esquecer algo que se quer guardar para sempre é como ser mutilado e ter de conviver com a falta que o membro perdido lhe faz ...”



Uma coisa que eu preciso compartilhar com vocês é que eu desejava que o Ian não dormisse, por medo do que viria na próxima página, era uma agonia, não saber o que poderia acontecer caso ele dormisse, e aí vocês vão me perguntar, Por que? ... e meus amigos não poderei dizer, vocês precisam ler e conhecer essa autora. Confesso que eu tive um pouco de raiva da Elisa, neste livro percebemos que ela cresceu mas precisa de muita maturidade ainda.

“ A vida é boa, algumas vezes é fácil, mas raramente é perfeita ...”




E você, tá lendo?

terça-feira, 6 de março de 2018

Resenha - Encontrada


Livro: Encontrada – A espera dos felizes para sempre
Autora: Carina Rissi
Editora: Verus Editoria
Nota: ★★★★

Sinopse: Sofia está de volta ao século dezenove e mais que animada para começar a viver o seu final feliz ao lado de Ian Clarke. No entanto, em meio à loucura dos preparativos para o casamento, ela percebe que se tornar a sra. Clarke não vai ser tão simples quanto imaginava.

As confusões encontram a garota antes mesmo de ela chegar ao altar — e uma tia intrometida que quer atrapalhar o relacionamento é apenas uma delas. Além disso, coisas estranhas estão acontecendo na vila. Ian parece estar enfrentando alguns problemas que prefere não dividir com a noiva.
Decidida, Sofia fará o que estiver ao seu alcance para ajudar o homem que ama. Ela não está disposta a permitir que nada nem ninguém atrapalhe seu futuro. Porém suas ações podem pôr tudo a perder, e Sofia descobre que a única pessoa capaz de destruir seu felizes para sempre é ela própria.
Em Encontrada: À espera do felizes para sempre, Carina Rissi traz de volta o mundo apaixonante de Ian e Sofia, nos permitindo mergulhar mais uma vez nesta maluca e envolvente história de amor.


Em o livro Encontrada, o segundo da série Perdida, mostra a história de Ian e Sofia atrás do tão sonhado felizes para sempre.

Se você leu o primeiro livro Perdida, sabe o quanto Carina Rissi é apaixonante, me apaixonei pela continuação do início ao fim. Esse é aquele livro que você consegue sentir um turbilhão de sentimentos, em um mesmo capítulo você consegue rir demais, ficar com o nó na garganta, se apaixonar ainda mais pelo cavalheirismo inenarrável do inesquecível Ian Clark.

“Escolher Ian foi simples, natural como respirar. Não dava para viver com o coração batendo fora do peito e morando em outro século”.

Neste segundo livro, temos o retorno de Sofia para o século XIX e toda a sua preparação para o casamento e sua vida de casada, confesso que me peguei rindo em diversas partes no preparatório do casamento, principalmente na parte das garrafas de Champagne (pop,pop,pop,pop...), não vou falar mais porque senão eu irei estragar a surpresa. Achei que o empoderamento feminino foi bem presente no livro. Logo após o casamento, vemos que Sofia sempre quis sua independência financeira e começa a comercializar um creme para cabelo no qual vira febre entre as mulheres, e com isso ela consegue dar início ao seu empreendimento na área de cosméticos.
“Não que eu estivesse me queixando de nada, nem daqueles olhares espetaculares, mas as vezes... tudo bem, quase sempre...eu me sentia meio mal por ser alvo de tanto interesse. Tipo uma atração de circo. Ian sempre ria quando eu lhe dizia isso, e então me beijava de um jeito provavelmente inadequado para o século dezenove. Aí eu perdia a linha de raciocínio e esquecia tudo o que me atormentava. O que pensando bem devia ser a intenção dele”.

Temos que falar também da intragável Tia do Ian, achei que o Ian foi omisso em muitas partes, pois a tia pintava e bordava na cara da Sofia e o Ian não tinha uma voz ativa, e o tapa dado na cara da Sofia, ficou faltando um... vai ter volta.

O final do livro, foi esplendido, todas as linhas soltas que continham no primeiro e segundo livro, a histórias das cartas intermináveis para Nina que eu não acreditava para que Sofia escrevia tanto para Nina, se as cartas nunca iriam chegar ao seu destino final, afinal estamos falando de uma viagem no tempo de 200 anos ..., mas a autora conseguiu finalizar com maestria. No entanto eu tenho apenas um adendo, que o final do livro Encontrada poderia ser o último livro, sim, porque agora nos outros livros, vamos ter quase a mesma história, porem sob visões diferentes o que pode se tornar cansativo.

E você, tá lendo?

domingo, 4 de março de 2018

Resenha Divina Essência







Livro: Divina Essência
Autor: Helena Andrade
Editora: Ler Editorial
Nota:✰✰✰✰✰













Oi gente tudo bem por aqui?
Hoje vamos falar de um livro que foi uma grata surpresa!
Passeando pelo face, vimos que teríamos o lançamento desse livro na Paulista, no dia 03 desse mês. Como moramos perto e gostamos de prestigiar os autores nacionais, resolvemos ir ao evento. Digamos que fomos completamente "as cegas" sem saber nada do livro ou da autora...
Chegando lá fomos muito bem recebida, a autora Helena Andrade foi de uma simpatia impar, parecíamos amigas de velhos tempos, nos sentimos tão bem acolhida que deu vontade de sentar e ficar papeando...



E o livro?
Foi surpreendente, nada de clichê, durante a leitura muitas vezes o coração disparava...
Vamos conhecer Melissa, uma bióloga, que perdeu um ente querido para uma doença hematológica. Doença essa sem cura, mas, durante anos de pesquisas, ela descobre uma flor rara que talvez traga algumas chances de tratamento para os portadores dessa doença.
Junto com uma equipe Melissa vai de encontro a essa flor, e no decorrer da "expedição" alguns italianos, também interessados nessa pesquisa vão de encontro a Melissa e sua equipe. 
A principio Melissa acha que estão simplesmente interessados em roubar sua pesquisa...
"...Eles podiam mesmo estar interessados em se apropriar da pesquisa." `Pág.. 21
Depois reconhece que realmente estão interessados em melhorar a vida daqueles que são acometidos pela doença.
O que Melissa não esperava era se apaixonar por um dos italianos.
Lembrem que falei, a história esta longe de ser clichê, pois bem, vamos ter muito mais que um simples romance...
"A vida segue. Independentemente do caminho escolhido, ela se transformará, gerando novas experiências, expectativas e talvez conquistas. No entanto, o que carregamos de mais profundo no coração, não se apaga". Pág. 91 
Fato!!!
Cada página lida, a necessidade de continuar, em um dado momento, confesso que queria mudar a história, dar uma chance, mas, a autora com certeza queria sair do obvio e conseguiu com louvor...

E você Tá Lendo?

quinta-feira, 1 de março de 2018

TBR - Março

Oiii pessoal !!!

Estamos tãooo mocinhas 👏👏, todo o nosso TBR de fevereiro, foi lido e resenhado ... ah que delícia!!!
E agora o que podemos esperar de março? Vamos lá ...
Continuamos com nosso Projeto Tá Lendo Calhamaço em parceria com o pessoal do Farofa Literária e a Claudia do blog Mãe Literatura


Vamos para o segundo livro do Projeto Lendo Jorge Amado em ordem cronológica com o Renan do blog Literall

Além dessas próximas leituras!!!





























Já leu algum desses?

Beijinhos e até a próxima...