terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Resenha - Mentes Milionárias

Livro: Mentes Milionárias
Autores:  Dra Teresa Aubele, Dr. Doug Freeman, Susan Reynolds, Lee Hausner
Editora: Universo do livros
Nota:★★★

Sinopse: Um treinamento para enriquecer! O que Bill Gates, Eike Batista, Warren Buffet e Carlos Slim têm em comum? Como esses empresários bem-sucedidos enriqueceram de forma tão eficaz? Em Mentes milionárias, você vai descobrir que, assim como é possível exercitar seu corpo para entrar em forma, você também pode treinar sua mente para ajudá-lo a conseguir a riqueza que tanto almeja. Um time de especialistas apresenta um método único – baseado nas mais recentes descobertas da neurociência, biologia e psicologia – que ensina como ganhar dinheiro aproveitando as habilidades incríveis que sua massa cinzenta possui. Acredite: sua mente é a melhor ferramenta para tornar-se rico.

Esses livros que são focados mais em administração é difícil de fazer uma resenha, então eu vou resumir e passar para vocês o que eu aprendi com esse livro.
Esse livro é para pessoas que querem ou precisam mudar suas vidas financeiras, como também renovar a sua mente dos antigos conceitos de dinheiro que não ajuda em nada, muito pelo contrário só atrapalham.

“A nossa vida acontece em pelo menos quatro ramos distintos. Esses quatro quadrantes são o mundo físico, o mundo mental, o mundo emocional e o mundo espiritual. O que a maioria das pessoas nunca percebe é que o reino físico é apenas uma “impressão” dos outros três”.

E neste livro os autores dividiram em duas partes sendo:
- O seu modelo de dinheiro: que tem a ver com o caráter, o pensamento e as crenças que são conceitos fundamentais no sucesso das pessoas segundo os autores.
- os arquivos da riqueza:  após vários estudos e pesquisas, os autores alguns modos de pensar e agir que distinguem os ricos das outras pessoas, vou colocar os mais legais.

1.       Os ricos criam sua própria vida {as pessoas de mentalidade pobre acreditam na seguinte ideia “na minha vida, as coisas acontecem”}.
2.       Os ricos assumem o compromisso de serem ricos {essa foi a que eu mais gostei, exemplo: uma pessoa que se finge de rica, usa roupas de marca, tênis caro, mas não tem uma casa própria ou um carro, mora de aluguel e anda de ônibus, invista nos lugares certo seu dinheiro}.
3.       Os ricos focam as oportunidades.

“Dinheiro é resultado, riqueza é resultado, saúde é resultado, doença é resultado, o seu peso é resultado. Vivemos num mundo de causa e efeito. […]A falta de dinheiro é o efeito. Mas onde está a causa? Ela se resume ao seguinte: a única maneira de mudar o seu mundo “exterior” é modificar o seu mundo interior”.


Eu gostei do livro, foi um livro bem rápido de se ler, normalmente quando eu leio esse tipo de livro eu gosto de passar num filtro e se aquilo que é proposto  não vai contra meus credos eu tento e aplico em minha vida pessoal.
Então fica a dica de uma leitura leve e que faz você pensar.

“Você se esquece daquilo que escuta; você se lembra daquilo que vê; você entende aquilo que faz”.


E você, tá lendo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário