quinta-feira, 17 de maio de 2018

Resenha - Entre o agora e o sempre


Título: Entre o Agora e o Sempre
Autora: J.A Redmerski
Editora: Suma de Letras
Páginas: 303 páginas
Nota: ★★★★

Sinopse: Camryn Bennett e Andrew Parrish nunca foram tão felizes. Cinco meses depois de se conhecerem num ônibus interestadual, os dois estão noivos e prestes a ter um bebê. Nervosa, mas empolgada, Camryn mal pode esperar para viver o resto de sua vida com Andrew, o homem que ela sabe que vai amá-la para sempre. O futuro só lhes reserva felicidade… até que uma tragédia os surpreende. Andrew não consegue entender como algo tão terrivelmente triste pôde acontecer. Ele tenta superar o trauma — e acredita que Camryn esteja fazendo o mesmo. Mas, quando descobre que Camryn busca sufocar uma dor imensa de uma forma perigosa, fará de tudo para salvá-la. Determinado a provar que o amor dos dois é indestrutível, Andrew decide levar Camryn numa nova jornada carregada de esperança e paixão. O mais difícil será convencê-la a ir junto… Com Entre o agora e o sempre, a aguardada continuação de Entre o agora e o nunca, J. A. Redmerski concluiu a história de amor que encantou milhares de leitores

Sabe quando a continuação consegue superar o livro anterior? Eu havia gostado bastante de Entre o agora e o nunca, mas gostei ainda mais de Entre o agora e o sempre.

O futuro só lhes reserva felicidade... até que uma tragédia os surpreende ( gente isso não é spoiler pois acontece bem no comecinho, ela infelizmente perde o bebê).

“Não podemos controlar a morte. Nenhum dos dois pode fazer nada pra evitá-la ou adiá-la. Só o que podemos controlar é como vamos viver nossas vidas antes que ela nos alcance. Portanto, vamos prometer um pro outro coisas que possamos cumprir, haja o que houver”
“Me sinto como o médico e o mostro. O tempo todo. Quando estou diante de Andrew, uso minha cara feliz, mas não como se estivesse fingindo. Eu fico feliz. Acho. Mas assim que fico sozinha de novo, é como se eu me tornasse outra pessoa. Sinto que alguém invisível está sempre de pé atrás de mim, apertando a porra de um interruptor no meu cérebro. Desligado. Ligado. Desligado. Ligado. Des… não, ligado”

Andrew não quer ver o seu amor sofrer, por isso decide levá-la a uma nova viagem pelos Estados Unidos. E nessa viagem acontece de tudo um pouco, várias encrencas, muita novidade, e conseguimos sentir o amor entre esses dois, um cuidando do outro é aquele tipo de amor que todo mundo sonha em um dia poder viver.

O final foi perfeito e, a melhor parte, não deixou nada no ar para formar uma trilogia. É uma "série" de apenas dois livros, com final e sem enrolação. Leitura obrigatória para quem gostou de Entre o agora e o nunca.


"Eu prometo te amar para sempre nessa vida e em qualquer lugar que nós fomos depois da morte, porque eu sei que não posso seguir em frente em nenhuma vida se você não estiver nela também."




E você, tá lendo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário