quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

Resenha - Love is in the air


Livro: Love is in the air 3
Autor: Halice FRS, Helena Andrade, Catia Mourão e Daniella Rosa
Editora Ler Editorial
Pág. 199

Sinopse: Ah, o Amor! As dificuldades, os calafrios, os encontros inesperados, os pensamentos loucos... 
Nos quatro contos de "Love is in the air" você vai conhecer lindas histórias, românticas e quentes, sobre esse sentimento cheio de altos e baixos. 
Com prefácio de Nana Pauvolih, as autoras: Eva Zooks, Tamires Barcellos, Catarina Muniz e Paola Scott apresentam contos ambientados em Londres — a terra da Rainha, do chá e de cenários incríveis — para você se apaixonar como nunca antes.


Primeiro livro de contos do ano! Confesso que não sou fã desse gênero, pois, sempre quero mais e acho os contos tão curtinhos...

Esse livro em especial, me chamou atenção por ser contos de romance de época e lógico autoras conhecidas e queridas, tinha que ter na minha estante!!!


E que surpresa agradável! Adorei os contos, lógico fiquei com aquela sensação de quero mais! A organização ficou por conta da Catia Mourão, e esta maravilhosa!!!
São quatro contos que se passam em Madri, por volta de 1800.

  • Deusa Andaluza - Halice FRS
Aqui estamos em 1844, e vamos conhecer Diego, um homem simples que trabalha no museu Real, hoje conhecido com Museu do Prado fazendo restaurações.

Sozinho, e dedicado, seu objetivo é guardar seu dinheiro para ter oportunidade de estudar artes em uma grande escola, Diego, não sai do museu, onde sua função é restaurar obras, e devido a sua dedicação conquistou o carinho do administrador...
"Não tem família, eu sei - redarguiu o administrador com sua expressão suavizada pela simpatia. - Mas é jovem, Sr Zarzosa. Devia ser como todo solteiro e divertir-se em seu tempo livre, não ficar enfurnado..."Pág.11
Uma das obras, merece total atenção de Diego, a deusa Cibele!

"...É minha musa, minha inspiração." Pág. 10
Em mais um dia calmo, onde Diego está pensativo tentando achar a melhor cor para continuar sua pintura, é surpreendido por uma moça. Ela, é Cibele, a moça da faxina...
Diego fica paralisado diante da semelhança com a sua deusa...

Será que é um sonho, ou sua deusa se materializou em sua frente???

  •  La Gloriosa - Helena Andrade
"Amor é fogo que arde sem se ver; É ferida que dói e não se sente; É um contentamento descontente; É dor que desatina sem doer." Luís Vaz de Camões - Pág. 63
Com esse conto vamos para 1868! Caminhando para uma revolução onde todos são suspeitos, vamos conhecer Rosalina Domingues e Juan amigos desde pequenos, viviam brincando e se apaixonaram...

O destino resolveu ser cruel e Rosalina perde os pais e um dia depois seu amigo e grande amor parte, se ao menos dizer um "tchau".

Anos depois, Juan volta, agora não é apenas Juan e sim Duque de Castela!
Rosalina também não é mais uma menina, agora é uma bela mulher e está prestes a se casar!!!

Os interesses políticos estão em jogo... Será que Juan e Rosalina conseguirão viver um grande amor???
"A coragem habita o coração daqueles a quem o amor inundou a alma". Helena Andrade - Pág. 95

  • A Diva da Ópera - Catia Mourão

 Teatro real - Ópera de Madri - Espanha 1860



 Vamos conhecer Paloma Gonzales, cantora lírica! Ganhou o maior de todos os prêmios e foi consagrada a Diva da ópera!!!
Santiego Hernandez, seu agente profissional e amigo! Fará de tudo para que Paloma se dedique apenas a ópera...
Miguel - o grande amor de Paloma!!!

Nem sempre podemos ter tudo o que queremos!!! Será que Paloma conseguirá equilibrar a tão sonhada carreira com o amor!!!

  • Amor Maldito - Daniella Rosa

Eis um conto enigmático! Estamos em 1886.
Vamos conhecer Isabel, uma moça que esta muito além do seu tempo... Sem saber desafia o próprio Lúcifer!!!

E o nobre Felipe que resolve desafiar o amor...

O que os dois terão em comum???

E você, Tá Lendo?


segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

Resenha - Com amor, Simon

Livro:  Com amor, Simon
Autor: Becky Albertalli
Editora: Intrinseca
Páginas:270

Sinopse: Com nova capa e novo título, a apaixonante história de Simon que conquistou milhares de leitores com uma trama que trata com naturalidade e bom humor a afirmação e os dilemas de um adolescente gay.


Agora, a adaptação do romance chega às telas de cinema com Nick Robinson, de Jurassic World, no papel de Simon, e Katherine Langford, protagonista de 13 Reasons Why. Simon Spier tem dezesseis anos e é gay, mas não conversa sobre isso com ninguém. Ele não vê problemas em sua orientação sexual, mas rejeita a ideia de ter que ficar dando explicação para as pessoas — afinal, por que só os gays têm que se apresentar ao mundo? Enquanto troca e-mails com um garoto misterioso que se identifica como Blue, Simon vai ter que enfrentar, além de suas dúvidas e inseguranças, uma chantagem inesperada.Sabe aquele livro que é uma gangorra de emoções, o livro vai intercalando entre o passado e o presente de uma forma magistral, e nos faz entrar na história para saber o que de fato aconteceu no passado, e que isso ainda reflete no presente e na vida de muitas pessoas.

Que livro fofo! O livro foi tão lindo que tenho medo de ver o filme!

Simon é um adolescente, tem vários amigos, uma família unida, estuda em um bom colégio e é gay! Seus amigos e familiares não sabem, e é isso que vamos ver no livro, a angustia, o medo, de contar a todos o que ele já tem certeza...

Passeando pelas redes sociais, Simon irá dar de cara com um post de alguém falando que é gay, seus sentimentos em relação a isso... Simon fica eufórico, pois, parece que o post fala exatamente do que Simon sente, então ele escreve um e-mail para o dono do post, Blue e a partir daí começam a trocar e-mails...

Como Simon não tem coragem de falar com ninguém, começa a conversar com Blue usando um nome falso...

Até ai tudo bem, a amizade acontece, mas, por um descuido Simon irá usar o computador da escola e com pressa de ir para aula, vai deixar sua conta aberta...
Já dá um nó na garganta... Um aluno irá ler os e-mail e de posse dessas informações, começará a chantagear Simon.

E agora ceder as chantagens ou aproveitar e "sair do armário"?
De uma forma leve e descontraída Bechy Albertalli, vai nos levar a refletir por que apenas os "gays" devem afirmar isso, devem ter que se pronunciar e os héteros porque esses também não precisam "sair do armário", não deveria ser natural??? Me falem por que tanto drama, tanto preconceito, tanta dor. Seria tudo mais fácil se julgássemos menos! Quantos suicídios seriam evitados, quantos casamentos frustados seriam evitados...
O livro gira em torno desses questionamento (pelo menos eu achei), mas, também vamos ficar intrigados a tentar descobrir quem é Blue...

Uma coisa é certo: "Todo mundo merece uma grande história de amor"



E você, tá lendo?


sábado, 23 de fevereiro de 2019

Resenha - Dom - Irmãos Bastilli - Livro #02

Livro: Dom (livro #2 – trilogia irmãos Bastilli)
Autora: Barbara Biazioli
Editora: Independente
Páginas: 212 páginas.
Nota: ★★★★★

Sinopse: Não importa o quão alto ela suba, uma montanha ou um prédio praticando parkour, Tess Bianco levará consigo seus problemas. Ela é uma contradição personificada. Meiga e impetuosa, amistosa, mas cheia de mistérios. Paris acaba por se tornar a cidade em que ela pode conseguir sua liberdade... ou, quem sabe, tornar-se cativa em uma nova situação...
Porque Dom Bastilli, o caçula do Império Bastilli Barche, aquele viciado em esportes radicais, velocidade e casos sem compromisso, sente-se atraído por essa mulher enigmática desde o primeiro instante em que a encontrou. Se ele fosse esperto, iria manter-se longe. Tess era o caso clássico de ter a placa PERIGO, em letras garrafais, na fronte dela. Mas a atração falou mais alto, e ele não pôde se afastar.
Agora, quando os dois pareciam estar na mesma sintonia, um novo desafio se apresenta frente a eles. Dessa vez, o desafio fora arquietado para ter um desfecho diferente, mas o que acabou por vir foi o amargo sabor da vingança, com a certeza de que a morte aguardava sua vítima na próxima curva.

Segundo livro dessa trilogia (falamos do primeiro aqui) é aquele que te pega na primeira página e você não consegue largar até terminar. No segundo livro conhecemos mais o irmão caçula, o aventureiro Domenico Bastilli. Confesso que no começo do livro eu fiquei com medo, pois em Sofia eu tinha uma imagem de Dom, e logo de cara ele pareceu ser outro personagem, mas não de um jeito ruim.



Dom não se preocupa com regras e etiquetas, ele apenas pensa em esportes radicais, mimos caros e casos de apenas uma noite. Porém, todos nós sabemos que todo mundo tem a sua criptonita, e no caso de Dom,Tess é a sua criptonita, uma menina/mulher que sofreu muito durante toda a sua vida, confesso que gostaria de saber mais sobre essa personagem, o antes do Dom, pois os breves relatos que temos do passado dela, é o puro amargor da podridão humana. Ninguém merece passar pelo o que ela passou. Porém nós seres humanos, não conseguimos deixar quieto algo que nos machucou e nos machuca muito. Tess tem um plano, uma vingança contra aquele que tanto a machucou, e quando é executado o plano de vingança eu fiquei boquiaberta! Pensa uma pessoa criativa, inteligente que sabe o que está fazendo em cada linha desse livro, é a Barbara ... 




E temos o final com Paolo, confesso que desde Sofia, Paolo me instiga e algo me diz que uma pessoinha do primeiro livro vai ser o estopim para acabar com a cúpula de cristal que Paolo vive. 

Vocês perceberam que deixei Dom de lado, e foquei na Tess não é mesmo? Eu quero muito saber sobre ela, então aqui vai um apelo de uma amiga/leitora Barbara faz um spin-off sobre a Tess ... eu quase não te peço nada 😊 

E você, tá lendo? 

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

Resenha - Sofia – Irmãos Bastilli #livro1

Livro: Sofia – Irmãos Bastilli #livro1
Autora: Barbara Biazioli
Editora: Independente
Páginas: 191 páginas
Nota: ★★★★★

Sinopse: "A princesa do império Bastilli é uma alta executiva que sabe dar valor ao suor de seu ganho. A vida não começou sendo generosa com ela, mas hoje, ela mostra sua competência em sua área de atuação. Sua beleza cigana, sua elegância, também lhe precedem em seu meio.
Entretanto, isso não ajuda no quesito romântico. Conquistar Sofia Bastilli tornou-se um troféu almejado pelos homens, mas quem realmente estaria disposto a conhecer seu coração?
Brad Zanatta tem charme, beleza e talento... e também herdara o vício de seu pai pelo jogo. Para salvar seu pescoço, Sofia seria apenas um meio para chegar a um fim.
No entanto, certas revelações fizeram-no ver que nem tudo é o que parece, e agora, ele precisava convencê-la de que ela era seu porto seguro e que só havia um lugar no mundo para ele viver: seu coração."

Lembra que fomos em um evento em São Paulo no final do ano passado, onde encontramos a Barbara? Falamos tudo o que aconteceu aqui. Então, foi nesse encontro que pegamos nossos livros amadinhos (trilogia dos irmãos Bastilli e o meu livro de cabeceira (Um amor em Lancaster).

Neste livro conhecemos a história de Sofia a princesinha dos irmãos Bastilli, uma mulher empoderada, que trabalha duro na empresa Bastilli na área financeira, a dona de todos os números, porém que a conhece nesse âmbito profissional, nem imagina que no começo foi um tanto quanto amargo, muitos só sabem ver as pingas que tomamos mas ninguém vê os tombos que levamos para chegar onde estamos não é mesmo?



Infeliz com o namoro que se arrastou por 3 anos ela termina num final de semana, e ela teme pela reação do irmão mais velho Paolo, pois seu irmão acredita que muitos aproveitadores poderão tentar conquistar o coração de Sofia, apenas em prol de uma vida regada a muito dinheiro e sem nenhum sentimento. E num tropeço no escritório ela conhece Brad Zanatta um designer de barcos muito habilidosos, suas criações rendem muitos elogios, foram que ele deve ter algum parentesco com algum Deus grego como Poseidon rs.



Porém eu confesso que desde sua aparição, eu não fui muito com a cara do Brad, ele pode ser aquele bom moço porem com a pinta de badboy, e mesmos em saber o que viria pela frente, algo nele não me agradou. Eu ainda não sei o que foi, mas vou descobrir e um dia eu falo para vocês.

Pois bem, depois de vários encontros e desencontros entre Sofia e Brad, segredos veem a tona, e o que o irmão de Sofia Paolo disse no começo parece se encaixar perfeitamente, mas será que devemos realmente confiar numa pessoa que começou a ser interessar por você, apenas por interesse (lê-se dinheiro)? Não sei, sempre acreditei naquele proverbio que diz: tudo o que começa errado, acaba errado.

Temos sim, um final ‘feliz’, mas foi um feliz que eu não sei se acredito, ah, devo ressaltar que estou muito curiosa para saber mais sobre Paolo o empresário dedicado e o caçula Dom, o eterno aventureiro. Posso ressaltar que nas breves aparições do advogado Ward mexeu com o meu coração, um personagem muito enigmático, mas não devemos descarta-lo, afinal ele pode nos surpreender em breve 😊

Se eu recomendo a leitura desse livro? Com certeza! Vocês vão adorar conhecer a história dessa princesinha que levanta a cabeça todo dia porque senão a coroa cai! E se apaixonem, e claro me diga se vocês também ficaram com o pé atrás do Brad assim como eu fiquei. A Barbara como sempre arrasando com os nossos corações e nos deixando aflitas por muitas páginas rs.




E você, tá lendo? 

terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

Resenha O Sol é para todos




Livro: O Sol é para todos

Autor: Happer Lee

Editora: José Olympio

Páginas:349





Sinopse: A nova edição revista de um dos maiores clássicos da literatura mundial. Harper Lee nos apresenta um livro emblemático sobre racismo e injustiça, que marca seus leitores desde a sua primeira publicação e mostra seu valor até hoje. O sol é para todos conta a história de um advogado branco que defende um homem negro acusado de estuprar uma mulher branca nos Estados Unidos dos anos 1930 e enfrenta represálias da comunidade racista. O livro é narrado pela sensível Scout, filha do advogado e ainda criança na época. Uma história atemporal sobre tolerância, perda da inocência e conceito de justiça.


Vamos conhecer a história de Scout, uma menina super inteligente e corajosa, e seu irmão Jem seu companheiro fiel nas aventuras, seu protetor.

São criados pelo pai Finch, um homem de coração puro e honesto e que tem como profissão a advogacia... Finch conta com a ajuda da babá Calpúrnia, uma negra, que está na família a muito tempo. Lembrando que a história se passa por volta de 1930, no interior do Alabama.

Quem irá narrar a história será a própria Scout! E teremos o livro dividido em duas partes: a primeira parte vamos conhecer a pequena e preconceituosa cidade de Maycomb, as travessuras das crianças, e teremos os infinitos questionamento de Scout.

Na segunda parte teremos mais ação e veremos ou melhor conheceremos a difícil convivência em uma cidade pequena, onde o racismo e o preconceito imperam e onde todos acham que podem mandar na vida dos outros... Todos querem estar com a razão independente do bem estar do outro...
"...Nunca sabemos como realmente vivem as pessoas. O que acontece por trás das portas fechadas, os segredos..." Página 63.

A vida das crianças mudará drasticamente quando seu pai, Finch, é nomeado para a defesa de um negro...


Essa leitura faz parte de dois digamos "desafios"!

Sabe aquele lista doze livros que você precisa ler no ano, pois bem, ele faz parte dos doze clássicos que escolhi para 2019. Como é considerado um dos romances mais importantes do século XX, acho que comecei o ano bem!!! O livro também ganhou o Prêmio Pulitzer de literatura e teve até adaptação para o cinema.


O segundo desafio, estava eu (como sempre) passeando nesse mundo virtual, quando me deparei com o desafio do Canal Literature-se e resolvi encarar o desafio. O Sol é para todos se enquadra na categoria Bildungsroman, ou seja, um romance de formação.

O incrível e triste é perceber que mesmo sendo um livro "antigo", consegue retratar tão bem problemas ainda hoje existentes!
O Sol deveria ser para todos, mas, esta bem longe de isso acontecer...



" Mas, lembre-se que, por piores que as coisas fiquem, eles continuam sendo nossos amigos e esta continua sendo a nossa casa." Página 102


E você, tá lendo?

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

Resenha - A última Camélia

Livro: A última Camélia
Autora: Sarah Jio
Editora: Novo Conceito
Páginas: 320 páginas
Nota: ★★★★★

Sinopse: Às vésperas da Segunda Guerra Mundial, o último espécime de uma camélia rara, a Middlebury Pink, esconde mentiras e segredos em uma afastada propriedade rural inglesa.
Flora, uma jovem americana, é contratada por um misterioso homem para se infiltrar na Mansão Livingston e conseguir a flor cobiçada. Sua busca é iluminada por um amor e ameaçada pela descoberta de uma série de crimes. Mais de meio século depois, a paisagista Addison passa a morar na mansão, agora de propriedade da família do marido dela. A paixão por mistérios é alimentada por um jardim de encantadoras camélias e um velho livro. No entanto, as páginas desse livro insinuam atos obscuros, engenhosamente escondidos. Se o perigo com o qual uma vez Flora fora confrontada continua vivo, será que Addison vai compartilhar do mesmo destino?

Sabe aquele livro que é uma gangorra de emoções, o livro vai intercalando entre o passado e o presente de uma forma magistral, e nos faz entrar na história para saber o que de fato aconteceu no passado, e que isso ainda reflete no presente e na vida de muitas pessoas.

Começamos esse livro conhecendo a família Lewis, dona de uma padaria em Nova York no ano de 1940, porém as finanças não estão tão boas, e a filha desse casal (Flora), acaba aceitando a proposta de um certo senhor (Price), para que ela se mude para Inglaterra para ser babá de algumas crianças na  mansão Livingston, porem a proposta não é apenas ser a cuidadora dessas crianças e sim descobrir onde está um pé de Camélia extremamente valiosa, em troca Sr. Price, ajudaria seus pais com as finanças que vão de mal a pior. E muitos mistérios, amores mal resolvidos, desaparecimento de muitas pessoas cercam essa mansão e precisam que alguém nem que seja no futuro consiga descobrir e ajudar a essas pessoas que foram tão desprezadas no passado.

No presente, conhecemos a história de Adilson que é casada com Rex um escritor que vive em conflito com seus pais, pois seu pai não  aceita que ele seja escritor, ele exige que Rex comece a comandar o império da família, e sob essa pressão eles vão para a mansão Livingston onde os pais de Rex compararam na Inglaterra passar uma temporada, para que Rex consiga escrever seu romance best-seller. Porém segredos do passado de Adilson, começam a aparecer e como uma forma de fuga eles partem imediatamente para a Inglaterra, um lugar onde seria o refúgio de ambos. Isso mesmo seria, pois o passado e o presente se fundem numa trama cheia de mistérios, drama, romances proibidos e muita ambição, volta e pode colocar a vida de todos em perigo.

“ Dizem que na época vitoriana, as pessoas costumam acreditar que, se você fizesse um pedido embaixo de uma árvore de camélia, ele se realizava...”

É uma história que encanta do começo ao fim, é até difícil falar sobre esse livro sem dar nenhum spoiler, então leiam e se apaixonem por essa autora que eu sou fã incondicional.

“ Ele dizia que admirava minha força, o fato de eu conseguir viver no presente sem me lamentar do meu passado. Ah, se ele soubesse ... “

E você, tá lendo ?



quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

Projeto 6 on 6

Hoje é dia de Blogagem Coletiva!


E o que seria esse Projeto?
O projeto consiste em tirar 06 fotos temáticas...Todo mês um novo tema!!! Parabéns Lunna Guedes pela criatividade! E lógico que ela também está participando...Convido vocês a irem lá no Catarina voltou a escrever.
 
E o tema desse mês é: NÓS DOIS!!!

Não podia ser diferente!!! As próximas fotos mostram nós e eles ou seja "eu" e os livros... Devemos confessar que não foi fácil!

Esse livro é simplesmente maravilhoso!!! Fala de uma amor que superou todas as barreiras...  A autora já é figurinha carimbada aqui do nosso blog!!!
E lógico temos resenha aqui
 
Essa série é contagiante!!! Dê uma olhadinha aqui no blog, todos tem resenha e em breve teremos mais lançamento!!!
Outra série que ganhou nossos corações!!! E você também acha as resenhas aqui no nosso blog!!!

Minha leitura atual!!! Que livro MA-RA-VI-LHO-SO!!!
Leiam!!! Conde de Monte Cristo, Alexandre Dumas

Leitura Atual! Sim leio mais de um livro ao mesmo tempo... Jardim de Inverno -
Kristin Hannah. Já derrubei algumas lágrimas e até o final provavelmente vou derramar outras!!!

Esse livro foi uma grata surpresa. Comprei o ano passado na bienal, direto da autora por sua simpatia...E o livro é maravilhoso!


Há outros blogs participando!!!  No resumo do mês deixo o link para vocês....

E você Tá Lendo???

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

Resenha - Os Segredos de Colin Bridgerton

 Livro: Os Segredos de Colin Bridgerton - livro 4 da Série Os Bridgertons.
Autor: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Páginas: 335

Sinopse: Há muitos anos Penelope Featherington frequenta a casa dos Bridgertons. E há muitos anos alimenta uma paixão secreta por Colin, irmão de sua melhor amiga e um dos solteiros mais encantadores e arredios de Londres.
Quando ele retorna de uma de suas longas viagens ao exterior, Penelope descobre seu maior segredo por acaso e chega à conclusão de que tudo o que pensava sobre seu objeto de desejo talvez não seja verdade.
Ele, por sua vez, também tem uma surpresa: Penelope se transformou, de uma jovem sem graça ignorada por toda a alta sociedade, numa mulher dona de um senso de humor afiado e de uma beleza incomum.
Ao deparar com tamanha mudança, Colin, que sempre a enxergara apenas como uma divertida companhia ocasional, começa a querer passar cada vez mais tempo a seu lado. Quando os dois trocam o primeiro beijo, ele não entende como nunca pôde ver o que sempre esteve bem à sua frente.
No entanto, quando fica sabendo que ela guarda um segredo ainda maior que o seu, precisa decidir se Penelope é sua maior ameaça ou a promessa de um final feliz.


Julia Quinn surpreende a todos quando escolhe a "patroa" de Colin. Colin é lindo, charmoso, engraçado e como todos os filhos da patriarca, é educado e o melhor partido da temporada!
"Era difícil fazer uma expressão raivosa para Colin Bridgerton. Até mesmo a mãe observara, certa vez, que era impossível repreendê-lo." Página 40
Como sabemos em romance de época, todos precisam casar-se e há sempre aquelas meninas que já tem mais de 25 anos e são consideradas velhas e solteironas, lógico, que isso não acontece com os meninos, eles podem...Olha aí o preconceito desde sempre...

E nessa descrição se encaixa Penelope, melhor amiga da irmã de Colin, e também amiga dele, pois, se conhecem desde sempre...Não existe "mimimi", ele pode rir e ficar a vontade com ela, pois, ela é praticamente da família. O que ele não sabe é que ela sempre foi apaixonada por ele.
Depois de voltar de mais uma de suas viagens, Colin vai perceber que Penelope está diferente e sim minha gente, ele vai se sentir atraído por ela!

Nosso problema aqui é com Penelope! De tanto falarem que ela é solteirona, sem graça, ela vai se achar indigna dos olhares de Colin...È o bem dito padrão de moda que sempre existiu e por mais que falem que não, ainda existe nos dias de hoje! 

Teremos aí um romance improvavél! A história vai crescendo, os personagens amadurecendo e nós seguimos com suspiros...

 Ah! É nesse volume que ficaremos sabendo de um dos grandes segredos da saga Os Bridgerton!!!
Desde o primeiro volume fiquei curiosa e fiz várias apostas!!! E minha gente eu acertei!!!
Os Segredos de Colin Bridgerton é o quarto volume da série Os Bridgertons,( falamos da série aqui) composta no total por nove livros e lógico é nossa intenção fazer resenhas de todos.

Até agora temos essas resenhas:

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

Resenha - Sweet Dreams

Livro: Sweet Dreams
Autora: Barbara Biazioli
Editora: Independente
Páginas: 498 páginas 
Nota: ★★★★★

Sinopse: Desejo liberado, cheiro de sexo, luxúria e prazer.
Tudo sem compromisso. Apenas por dinheiro.
Essa é a noite normal na boate Sweet Dreams, cujos dançarinos oferecem às mulheres um show eletrizante e uma noite de sonhos, fantasias e orgasmos.
Dentre as estrelas da casa, Ethan Collins.
Ele não tem pudores na hora de satisfazê-las, e muito menos problemas em assumir o que faz para viver.
Em seus muitos anos de palco e cama, de todas as mulheres que já passaram por ele, finalmente uma se mostra ser desafio o suficiente para mexer com suas estruturas. E Ethan nunca fugiu de um desafio…
Jasmine está na cidade para esquecer um romance desfeito, mas isso apenas mascara algo muito mais importante e letal.
Enquanto vive uma vida dupla, ela se deixa ser levada pelas descobertas do prazer reprimido que somente alguém como Ethan saberia como encontrar.
Ele era bom no que fazia e mostrou a ela como tudo pode ficar ainda melhor.
Quando o desafio é proposto e fantasias são colhidas uma a uma – e satisfeitas sem importar hora e lugar –, os sentimentos se misturam e confundem, e o maior inimigo, a realidade, não tarda a bater à porta e transformar os doces sonhos em seus piores pesadelos.

*Sweet Dreams é um romance erótico, direcionado ao público com mais de 18 anos.

Eu nem sei por onde começar para falar desse livro, é uma mescla de sentimentos, e em menos de uma página desse livro, podemos descrever diversos sentimentos, meus caros, leiam!
É tipo aquele texto famoso do Pedro Bial, do Usem filtro solar, mas neste caso, eu vos digo: Leiam Sweet Dreams, é diferente de tudo do que você já leu. Esqueça aqueles romances água com açúcar, ou aquelas histórias sem nexo. Leiam! Leiam! E só pra reforçar, leiam!

Nesta história conhecemos Ethan um homem muito bem resolvido e sabe muito bem o que faz, trabalha na boate Sweet Dreams, fazendo com que mulheres de todos os tipos se sintam única e realmente especial, mas para isso tem um preço e digo, é muito bem pago por tudo o que esse mocinho faz.

Em uma noite normal de trabalho, ele convida ‘Jasmine’ para subir no palco, à primeira vista, Jasmine parece uma mulher tímida e com toda certeza não se encaixa no local em que está, na boate Sweet Dreams, mas para Ethan é trabalho, e ele a provoca, e ela fica meio sem reação, mistura com medo e muito sem reação. E resolve ir embora, afinal, quem é que aguenta um Magic Mike na sua frente sem sentir nada, e quando Ethan termina o show, ele se troca e vai embora e presencia um assalto contra a moça que ele pegou no palco, afim de ajuda-la ela oferece ajuda e a leva para uma cafeteria e começam a conversar, e então, conversa vai e conversa vem, eles fazem um pacto, ele irá mostrar para ‘Jasmine’ tudo o que sabe, para provar que é o melhor no que faz.



Amiguinhos a partir desse momento, o parquinho pega fogo! Chama o SAMU !!! É só tiro, porrada e bomba, mas calma, a trama é tão boa, que não teremos aquela famosa frase, me joga na parede e me chama de lagartixa, temos história meus amigos! Sim, as cenas de sexos, são extremamente bem escritas e espetacularmente articuladas, ninguém é um contorcionista do Cirque di Soleil, como vemos em muitos livros, e o que acontece é real sem fantasia. E no final dessa madrugada quente, Ethan pede a ‘Jasmine’ que escreva em papelzinhos (post-it), tudo o que ela considera inconcebível e de jeito nenhum faria, e ele coloca em um pote dos sonhos (não, pera, é só um pote dos desejos), e no decorrer da trama, todos esses pudores serão quebrados.🔥🔥🔥



Porém nem tudo são flores, ‘Jasmine’ na verdade é Vega e ela está investigando Ethan /boate Sweet Dreams, porém sabemos que quando nos envolvemos com o nosso possível inimigo o risco de acabarmos gostando dele é muito grande, será que teremos um final feliz, depois de tudo que Jasmine/Veja fez para Ethan, será que Ethan é o mocinho ou o vilão da história?

Se teremos um final feliz ? Eu não posso dizer, ainda mais se tratando de Dona Barbara Biazioli, que é capaz de derreter nossos cérebros em uma única estrofe.

Então, leiam e descubram o final dessa trama que te prende do começo ao fim! 





 E você, tá lendo? 

Ficou curioso para saber como acaba, vem conferir,  compre aqui o ebook → Ebook - Sweet Dreams