quinta-feira, 30 de julho de 2020

Resenha - O julgamento de Gabriel

Livro: O Julgamento de Gabriel
Autor: Sylvain Reynard
Editora: Editora Arqueiro
Páginas: 453 páginas
Nota: 🔥🔥🔥🔥🔥

Sinopse: Gabriel Emerson e Julia Mitchell se conheceram há muito tempo, quando ela ainda era adolescente, numa noite mágica e confusa. Mas, apesar de todo o sentimento que nasceu entre eles, no dia seguinte seus caminhos se separaram.Anos depois eles se reencontraram quando Julia começou o mestrado na Universidade de Toronto. Gabriel era um professor enigmático, sedutor e muito arrogante que a atormentava e perseguia. No entanto, o que mais fazia Julia sofrer era ele não se lembrar dela.
Mas nem mesmo o insensível Gabriel é capaz de resistir à profunda conexão que existe entre eles e logo os dois embarcam numa tórrida paixão proibida. Com o fim do semestre e do curso ministrado por Gabriel, eles deixam de ser professor e aluna e enfim estão livres para viver seu amor. Ou pelo menos era o que pensavam.Após uma viagem romântica para a Itália, durante a qual Gabriel ensina a Julia todos os mistérios do prazer e, em troca, aprende com ela o significado do amor verdadeiro, os dois veem seus sonhos ameaçados.Duas denúncias junto ao Comitê Disciplinar da Universidade põem em risco o emprego de Gabriel e a carreira brilhante e promissora de Julia. Será que o professor vai ceder às ameaças ou irá lutar até o fim por sua amada? Será que essa paixão conseguirá resistir a um julgamento implacável?
Na apaixonante sequência de O inferno de Gabriel, Sylvain Reynard constrói uma bela história de amor, da qual os leitores jamais se esquecerão.

Antes de começar a falar sobre o livro, eu quero dizer que eu vi a adaptação da primeira parte do filme O INFERNO DE GABRIEL, e está tão fiel ao livro que você consegue acompanhar ate as falar dos personagens através do livro, e com isso eu ingressei em ler essa trilogia, que confesso havia ficado parado um bom tempo, e a leitura fluiu como a um bom tempo não acontecia.

Neste livro, começamos com o relacionamento de Julia e o professor Gabriel, achamos que tudo vai ser a mil flores e amores, as descobertas de Julia e o amadurecimento dela é nítido logo no começo das páginas, porém, tudo que está calmo demais, tende a ter um percalço no caminho. O passado de Gabriel, volta a assombra-lo e com ele vem a vingança da cretina da Christa Perterson, que ainda sonha em um dia ser a Sra. Emerson, (vai sonhando queridinha). E ela decide falar para a universidade que sofreu assédio do professor e que a Julia estava indo tão bem por ter ido para a cama com ele em troca de boas notas.

E o caso vai se enrolando cada vez mais, muitos segredos são postos na mesa, e o Gabriel precisa tomar uma atitude bem drástica antes que o pior acontece para Julia, ela poderia perder a oportunidade de ir para a Harvard depois de tanto esforço, por conta de uma calunia de uma mulher que não sabe receber um não como resposta e sempre teve tudo o que queria. O julgamento acontece, e Julia querendo salvar seu amado professor, falando que o caso deles sempre foi consensual, nunca houve um assedio ou troca de favores, porem para que Julia não fosse ainda mais prejudicada, Gabriel precisa fazer o impossível, precisa terminar seu relacionamento, mas a forma de como acontece, nos dá a entender ele apenas a usou e que ele fez isso para não se comprometer com a universidade, sendo que na verdade é totalmente o contrário, com esse termino tão gélido e repentino, Julia se vê numa depressão sem fim e se afunda em sua tese e a sua amizade com Paul se consolida ainda mais.

Após meses, ela conclui sua tese, e consegue o diploma que tanto se esforça para conseguir e parte para Harvard com aquela esperança que o professor ainda a amasse o tanto que a ama, porem Gabriel está se auto descobrindo, deixando de lado aquele seu lado de autoritário e que pode tudo, vendo os dois lado da moeda e se tornando humano, em nenhum momento ele se envolve com outra mulher, a sua eterna musa Beatriz (Julia) será para sempre sua eterna amada.

Então no finalzinho do livro ele vai até ela em Harvard para pedir seu perdão e lhe explicar tudo o que havia acontecido para que tivesse que tomar essa atitude drástica, mas como eu disse, era muito evidente a evolução do amadurecimento da Julia e não vai ser tão fácil assim conquista-la ... se eu estou apaixonada por essa história? Sim! Minha nova ressaca literária! E não vou contar se eles vão ficar bem ou não ... ou que vai acontecer com a praga da Christa, você vai precisar ler ... porque ainda tem muita lenha para queimar nessa história.

E você, tá lendo?




segunda-feira, 27 de julho de 2020

Resenha Romeu e Julieta

Livro: Romeu e Julieta
Autor: Shakespeare
Editora: L&PM Pocket
Páginas: 166






Oi gente tudo bem com vocês!!! Hoje é dia 04 de junho e estamos em isolamento social ao total são setenta e nove dias, não sei quando vai ser liberada essa resenha, quem sabe até lá, tudo isso tenha acabado!!!


Romeu e Julieta não é novidade para ninguém, todos conhecem essa história de amor e todos sabem como tudo isso vai acabar!!! Então acredito que não teremos problemas, pois, este post é repleto de spoiler.


Eu conhecia a história como um todo, e não fazia ideia do conteúdo! Confesso que fiquei surpresa com os detalhes...
Vamos ter uma peça provavelmente escrita no final do século XVI, e pasmem Shakespeare fez uma adaptação de um poema.
Sempre achei que Romeu e Julieta fossem jovens, mas, Julieta tem apenas treze anos!!! Fiquei chocada!!!
Romeu estava perdidamente apaixonado!!! E não era por Julieta e sim por Rosalina!!!



Rosalina não dava a mínima para Romeu e seus amigos vendo Romeu chorando pelos cantos, amargurado o aconselham a conhecer outras meninas, e mencionam uma festa que vai acontecer na casa dos Capulento.
Sabemos que a história gira em torno de uma briga entre famílias, o motivo da briga desconheço e Romeu pertence a famila Montecchio. Como ele vai na festa da família inimiga??? Pelo que entendi na festa as pessoas iriam usar máscaras então eles resolvem ir de penetra!!! 



Chegando na festa Romeu irá conhecer um menina e ficará perdidamente apaixonado por ela!!! Pergunto como assim??? E a Rosalina??? Ele chorava pelos cantos, dizia que morreria e basta um olhar para a direita (digamos assim) e ele já esta apaixonado!!! Ah adolescência!!!

Essa menina é Julieta da família Capulento!!!


 Dessa vez o amor é correspondido! Eles se apaixonam perdidamente e resolvem se casar no dia seguinte!!!



Como assim??? A menina tem treze anos!!! 
O casamento acontece, pois, o frade, devia ser louco e realiza o casamento escondido, mesmo sabendo que as famílias se detestam...


Bem na volta para casa ( ou em algum momento após o casamento) Romeu e seus amigos irão encontrar um bando da família rival, um vai provocar o outro, o melhor amigo de Romeu será assassinado, Romeu entra na briga para tentar salvar o amigo mas, acaba ferindo mortalmente um outro carinha...
Esse carinha era o primo de Julieta!!! E isso é uma história de amor!!!


Continuando! 
Romeu é obrigado a fugir e se esconder, Julieta fica sabendo de tudo, fica desesperada, aos prantos e todos acham que é por causa do primo...
Nesse curto espaço de tempo, Julieta tem um pretendente, bem mais velho que ela, e seu pai resolve que ambos irão se casar, quem sabe assim Julieta deixa de sofrer...
Desesperada Julieta vai até o frade, pede ajuda e o frade acaba fazendo, digamos, um veneno que deixará Julieta morta por uns dois dias, tempo suficiente para avisar Romeu de tudo que esta acontecendo, e ele desenterrar Julieta, e acredito fugir e viver o grande amor!!!

Lógico que isso não dá certo!!! Romeu fica sabendo que Julieta morreu, e vai desesperado encontrar o seu grande amor!!! O frade não consegue avisar que tudo é uma farsa ! No caminho Romeu encontra um boticário e esse sim lhe prepara um veneno mortal!!!
Chegando no mausoléu, Romeu vê seu grande amor e resolve acabar com sua vida!!!

Segundos depois Julieta acorda percebe que algo deu errado e também se mata!!!
As famílias chegam percebem que a briga ridícula fez com que perdessem seus filhos, fazem as pazes e para homenagear resolvem fazer uma estátua...

A história é muita rica em detalhes!!! Então achamos que vale muito a pena conhecer esse grande clássico!

👉 Fotos do Pinterest

E você Tá Lendo?





 


quinta-feira, 23 de julho de 2020

Resenha - O inferno de Gabriel

Livro: O Inferno de Gabriel
Autor: Sylvain Reynard
Editora: Editora Arqueiro
Páginas: 512 páginas
Nota: 💓💓💓💓💓

Sinopse: A salvação de um homem. O despertar da sexualidade de uma mulher  Enigmático e sedutor, Gabriel Emerson é um renomado especialista em Dante. Durante o dia assume a fachada de um rigoroso professor universitário, mas à noite se entrega a uma desinibida vida de prazeres sem limites. O que ninguém sabe é que tanto sua máscara de frieza quanto sua extrema sensualidade na verdade escondem uma alma atormentada pelas feridas do passado. Gabriel se tortura pelos erros que cometeu e acredita que para ele não há mais nenhuma esperança ou chance de se redimir dos pecados. Julia Mitchell é uma jovem doce e inocente que luta para superar os traumas de uma infância difícil, marcada pela negligência dos pais. Quando vai fazer mestrado na Universidade de Toronto, ela sabe que reencontrará alguém importante – um homem que viu apenas uma vez, mas que nunca conseguiu esquecer. Assim que põe os olhos em Julia, Gabriel é tomado por uma estranha sensação de familiaridade, embora não saiba dizer por quê. A inexplicável e profunda conexão que existe entre eles deixa o professor numa situação delicada, que colocará sua carreira em risco e o obrigará a enfrentar os fantasmas dos quais sempre tentou fugir. Primeiro livro de uma trilogia, O inferno de Gabriel explora com brilhantismo a sensualidade de uma paixão proibida. É a história envolvente de dois amantes lutando para superar seus infernos pessoais e enfim viver a redenção que só o verdadeiro amor torna possível **** Quando ainda era adolescente, Julia conheceu o homem dos seus sonhos. Gentil e carinhoso, ele a levou a um pomar abandonado e lhe apresentou a história de amor de Dante e Beatriz, despertando nela o interesse pela cultura italiana. Mas, ao acordar no dia seguinte, ele não estava mais lá. Sentindo-se abandonada e humilhada, Julia não contou a ninguém sobre aquele encontro e se esforçou para tocar a vida. Porém, jamais foi capaz de esquecê-lo. Anos depois, ela se muda para o Canadá, para fazer mestrado na Universidade de Toronto. Embora soubesse que seria obrigada a se defrontar com seu passado, nada poderia tê-la preparado para o que iria encontrar. Gabriel Emerson é um professor especialista em Dante. Impaciente, grosseiro e arrogante, ele não lembra em nada o jovem por quem Julia se apaixonou. E mais: parece não ter a menor ideia de quem ela é. O inferno de Gabriel é uma história extremamente romântica e sensual sobre duas pessoas muito feridas, que precisam superar a culpa e a autodepreciação para enfim voltar a acreditar no amor.

O que falar desse livro, acho que é um dos meus favorito, afinal com essa releitura deve ser a 5 ou 6 vez que eu e o leio, e o sentimento é como se fosse da primeira vez, dos olhos curiosos e ansiosos para ver como termina essa historia de amor e de redenção.

Descobri a pouco tempo que fizeram uma adaptação e pelo o que eu pude ler sobre as críticas, o filme está belíssimo, porém ele esta numa plataforma de streaming que eu ainda não tenho acesso que é o passionflix. Acho que em breve eu irei conhecer 😊 ...

A história tem como pano de fundo a O INFERNO DE DANTE, e eu lembro claramente quando eu o li na minha época de colégio, esse livro, me deixou pensativa por dias ... é um livro tão lindo e ao mesmo tempo tão triste.
Como é um livro bem antigo, eu vou pular a parte da introdução dos personagens e vou falar o que iremos encontrar nessa história de amor entre um professor perturbado por seu passado e uma aluna que mesmo com seus traumas nunca deixou de ama-lo desde a época da adolescência quando se encontraram pela primeira vez.

A primeira vista, você passa a odiar o Gabriel, por ser tão grosso e se achar tão intocável, mas depois aos poucos ele vai se abrindo e você percebe que esse ar de durão tem um motivo e você se apega querendo protege-lo.



O livro é leve, é romântico ele possui sonoridade, algo que não vemos em muitos livros desse gênero, e ficamos ansiando pela redenção dos dois, eu irei ler os outros dois livros que compõe essa serie. Confesso que hoje eu me arrependo de ter ‘vendido’ esse livro, mas já me prontifiquei de tê-los em ebook.
Então se você ainda não leu esse livro, eu super indico, é um livro de Young adult, mas que nada se parece com os livros que temos no mercado, onde tudo é urgência e desejo carnal, nesse vemos, o amor, o verdadeiro sentido da frase amar e isso não precisa incluir necessariamente o ato sexual.



Depois eu conto a minha experiencia com o filme, espero que esteja tão fiel ao livro, como eu estou lendo ... porque se for uma cópia dos 50 tons ... prefiro nem continuar a ver ...

E você, tá lendo?



segunda-feira, 20 de julho de 2020

Resenha Cinder

Livro: Cinder
Autora: Marissa Meyer
Editora: Rocco
Páginas: 448












Oi gente como vocês estão? Hoje é dia dezesseis de maio de 2020, seguimos isoladas e completamos hoje cinquenta e nove dias de isolamento social!!! (Não sei quando esse post será liberado)
E a corrente do bem literária continua!!! Todo dia vários e-book estão sendo disponibilizado e Cinder foi um deles...
Li a sinopse e pensei, acho que não vou gostar, mas, aquela história estava gratuito e por que não???
Comecei a ler já pensando em deletar e gente, fui pega!!!! O pior é Cinder é apenas o primeiro livro da Série Cronicas Lunares, ao total são  quatro livros...Como sabem não leio sinopse, então achei que seriam histórias independentes, mas, não, ao terminar de ler o primeiro você precisar ler o segundo imediatamente!!!


Teremos uma releitura moderna do conto Cinderela!!!


A história se passa após a Quarta Gerra Mundial!!! E o mundo não é feito apenas de humanos, mas, temos robôs, ciborgues, e outras tecnologias que logo sairão do mundo de fantasia e teremos acesso, o que dá um medinho, mas, isso é uma outra história...
Cinder, nossa Cinderela é uma ciborgue, ou seja, partes do seu corpo foram reconstruídos com metal, e por isso, ela sofre bullying, e fica a pergunta, então ela não é humana???


Cinder mora com a bruxa, ou melhor, com a madrasta e suas irmãs, e assim como no conto original, aqui também ela é empregada, humilhada e não tem direito a nada...Mas, com Pearl sua irmã, ela se dá bem e até trocam confidencias.

Ah! Ela é a melhor mecânica da cidade!!!


E é lá que ela conhecerá o príncipe Kái. O príncipe levará seu robô de estimação para arrumar...E lógico em outro momento será convidada para o grande baile...



Calma! As coisas não são tão fáceis assim, afinal são quatrocentas e quarenta e oito páginas!!!

A cidade que eles vivem vem lutando contra um "vírus", "uma doença" (engraçado, no momento nós também) terrível, que esta matando muita gente e ainda não há cura... A letumose. E sua vida irá mudar quando Pearl for atingida por essa doença!!!

Isso não é tudo!!! Existe uma guerra politica acontecendo (nossa outra coincidência, a vida imita a arte ou a arte imita a vida) E o rei acaba de falecer... O príncipe terá grandes problemas!!! A Lua, quer dominar a Terra e a rainha Lunar fará de tudo para conseguir...

Vocês repararam que há muito história? Não é apenas mais uma releitura...

Já queremos o próximo!!!

E você Tá Lendo?

quarta-feira, 15 de julho de 2020

Resenha - Mil beijos de um garoto

Livro: Mil beijos de um garoto
Autora: Tillie Cole
Editora: Outro Planeta
Páginas: 400 páginas
Nota: ❤❤❤❤

Sinopse: Um beijo dura um instante.
Mas mil beijos podem durar uma vida inteira.
Um garoto.
Uma garota.
Um vínculo que é definido num momento e se prolonga por uma década.
Um vínculo que nem o tempo nem a distância podem romper.
Um vínculo que vai durar para sempre.
Ao menos era o que eles imaginavam.
Quando, aos dezessete anos, Rune Kristiansen retorna da Noruega para o lugar onde passou a infância – a cidade americana de Blossom Grove, na Geórgia –, ele só tem uma coisa em mente: reencontrar Poppy Litchfield, a garota que era sua cara-metade e que tinha prometido esperar fielmente por seu retorno. E ele quer descobrir por que, nos dois anos em que esteve fora, ela o deletou de sua vida sem dar nenhuma explicação.
Este romance, finalista do Goodreads Choice Awards 2016, marca a estreia da adorada escritora Tillie Cole na ficção young adult. É também seu primeiro livro publicado no Brasil.

Quando eu fui fazer essa resenha, eu tinha até comentado com a Ale que eu ia falar a verdade, eu não gostei do livro, aí vocês vão me questionar, como assim? Esse livro foi adorado por tantos, ficou na lista dos mais vendidos por tantas semanas, e eu vou contar o porquê que eu não gostei tanto.

Na história conhecemos duas famílias a de Rune que veio da Noruega e mora ao lado de Poppy que a mocinha da história, Rune sempre foi meio bad boy mesmo com seus 5 aninhos e quando conhece Poppy sente uma conexão inexplicável, e os crescem juntos, até que um dia a avó de Poppy falece mas antes deixa pra ela um pote de vidro com papeizinhos para que ela possa guardar os mil beijos de um garoto para todo sempre assim como a sua avó teve com seu já falecido avô.
E neste tempo Rune e Poppy são aquelas crianças que se apaixonam e vivem até a adolescência seu grande amor, as descobertas, as mudanças ... um típico Dawson’s Creek (quem viu lembra ...).
Até que o amor juvenil dos dois teve que ser interrompido pois o pai de Rune precisa voltar para a Noruega a trabalho e com isso toda a família vai junto e o amor dos dois é interrompido por um hiato de 2 anos, mas ambos prometeram amor eterno e se falavam todos os dias ... até que um dia Poppy parou de falar com Rune e sumiu do mapa ... e após dois anos a família Kristiansen volta para Georgia, mas Rune está rebelde, todo bad boy, chega com sua jaqueta de couro, cabelos compridos, um roqueiro charmoso rebelde e não quer nem ouvir falar de Poppy, aquela que quebrou seu coração sem dar um adeus.
E a história nesse ponto fica meio jogo de gato e rato, porque os dois de amam, mas ninguém da o braço a torcer, até que em uma festa Rune acaba quase beijando a menina do grupo de amigos que Poppy faz parte e nunca se deu muito bem ... (tipo garotas malvadas), e nisso ela leva o choque e corre, e Rune vai atrás dela atormentando-a para que ele saiba o que aconteceu de verdade para ela ter sumido da sua vida, sem dar adeus.

— Eu sou a garota que acorda cedo para ver o nascer do sol. Eu sou a
garota que quer ver o que há de bom em todos, a que é arrebatada por uma
música, inspirada por arte. — Virando-se para mim, ela sorriu e disse: —
Eu sou essa garota, Rune. A que espera a tempestade passar simplesmente
para vislumbrar um arco-íris. Por que ser infeliz quando você pode ser
feliz? É uma escolha óbvia para mim.




Se você não quer saber o que aconteceu, pare de ler aqui e volte quando eu falar que não vai ter mais spoiler.

Poppy foi diagnosticada com um câncer em fase quase que terminal e com isso ela tentou vários tratamentos mas sem sucesso, por isso que ela não contou nada para Rune, pois se ele soubesse os pais teriam que voltar para os EUA e consequentemente o pai de Rune poderia perder o emprego.
O que aconteceu já sabemos ... típico filme Um Amor para Recordar ... nos apaixonamos pelos mocinhos, mas sempre tem um que morre ...





<<<< A partir daqui você pode ler ... >>>>

Agora o porquê que eu não gostei tanto ... a receita desses livros é sempre a mesma coisa, as vezes com variação de tempo em que é passado ... e é muito triste ... sempre acontece uma tragédia nesse tipo de livro, eu me pergunto porque que os personagens apenas não ficam juntos e cada um segue sua vida, sem ter esse dramalhão todo ... um livro para ser lido em um momento bem diferente do que estamos vivendo ... porque é triste, nas primeiras 24 páginas eu já estava chorando ... a escrita é boa da autora, a editora teve um capricho absoluto na diagramação, capa em tudo ... mas se você leu os livros: Como eu era antes de você ou qualquer livro do tio Nicholas Sparks, você vai entender o que eu estou falando ...



E você, tá lendo ? 

segunda-feira, 13 de julho de 2020

Estamos vivas!

Oi gente, como vocês estão?!
Andamos sumidas, mas, estamos por aqui...Vivendo essa grande aventura, chorando, rindo, lendo, vendo, ouvindo, falando...Enfim agindo, nos recusamos a parar, a calar...
O isolamento social continua, agora com regras mais flexíveis, vamos nos adaptando, mas nos recusamos voltar ao normal, queremos mais, muito mais...

Não é tão simples assim, mas sabemos como começar...É só dar o primeiro passo!
E vamos ao nosso papo de hoje, já estamos chegando na segunda quinzena do mês e quebrando o protocolo não teremos o resumo do mês e nem TBR é minha gente, estamos lendo sem planejamento, estamos passeando pela estante aleatoriamente e acho que ele, o livro, está nos escolhendo...

Começamos o mês literalmente preguiçosas, mas, agosto voltamos com nossa programação normal!!!

Normal? Bem, confesso que não sei mais o que é isso, mas quem sabe isso também não vira um novo post... Por enquanto é isso...

E você, Tá Lendo?