sexta-feira, 30 de abril de 2021

É o fim!

 Não estou acreditando!!! Conseguimos!!!


Vencemos o BEDA pela primeira vez... Durante todo o mês tivemos post aqui no blog...Não consegui fazer visitas diárias, mas, na medida do possível fui e estou interagindo, mas, dá um alivio saber que tudo terminou. O próximo é em agosto!

Geralmente não fazemos planejamento, vamos lendo e resenhando quando dá tempo, mas, como tinha me comprometido a participar do BEDA fiz um planejamento diário com sugestões para os post e não é que deu certo!!! Bem, deu certo, porque estávamos com algumas resenhas no rascunho e vários livros já lidos, agora estamos sem nada no rascunho e lendo calmamente, então não sabemos quando saíra a próxima resenha, tendo em vista que o blog compartilha leituras, talvez ficaremos algumas semanas ausentes...

Hoje teríamos um resumo do mês, mas como, "nos falamos" todos os dias, te convido a olhar a coluna do lado direito e ver quanta coisa legal rolou por aqui!!!

Então é isso gente! Contrariando o que disse lá em cima, já estou com agenda aberta fazendo o planejamento de maio...

Abraços

E você Tá Lendo?

Este post faz parte do BEDA e participam também:

Mãe Literatura;
Catarina voltou a escrever;
Mariana Gouveia;
Roseli Pedroso;
Amor pelas Páginas;
Devaneios e Poesias;
Obdulio Nuñes Ortega

quinta-feira, 29 de abril de 2021

Resenha Inferior é o Car*alho

 

Livro: Inferior é o Car*alho

Autora: Angela Saini

Páginas: 320

Editora: Dark Side

Leitura do mês de março e faz parte do projeto Meus 12 da Estante, falo sobre o projeto aqui.

O que temos aqui é uma pesquisa cientifica onde Angela Saini vai esmiuçar a ciência e provar que nem ela é exata...Tudo isso porque a ciência que conhecemos foi feita sobre um perspectiva masculina e estava e ainda esta equivocada sobre o papel da mulher na sociedade.


Não podemos negar que Darwin trouxe grandes contribuições para a ciência, mas, algumas não eram 100% assertivas, como por exemplo, afirmar que as mulheres são menos evoluídas que os homens, o grande problema, é que muitos foram na onda dele!



"Décadas de testes rigorosos com garotas e garotos confirmam que existem poucas diferenças psicológicas entre os sexos, e que as diferenças encontradas são moldadas principalmente pela cultura, e não pela biologia".



" Garotinhas preferem bonecas vestidas de cor-de-rosa porque elas são do sexo feminino ou porque a sociedade as ensinou que deveriam preferir bonecas e cor-de-rosa:".

É muita coisa para refletir!!!

Cada novo capitulo é iniciado com um pensamento/frase de uma mulher que teve participação na história...


Angela Saini entrevistou cientistas, feministas, mulheres e homens que lutam por igualdade, por respeito...

Não é um livro para feminista!!! É uma leitura obrigatória...

Este post faz parte do BEDA e participam também:

Mãe Literatura;
Catarina voltou a escrever;
Mariana Gouveia;
Roseli Pedroso;
Amor pelas Páginas;
Devaneios e Poesias;
Obdulio Nuñes Ortega


E você Tá Lendo?



quarta-feira, 28 de abril de 2021

Começando a ler!!!

 Hoje vamos conversar como começar a ler ou como ler mais...

Eu sempre gostei de ler, sempre!!! Minha adolescência foi em Santos, e era frequentadora assídua das bibliotecas...Que saudades de ir em uma!!! Lembro que algumas amigas iam para a praia no final da tarde para ver os surfistas, e eu preferia ficar com um bom livro, muito mais interessante...Infelizmente era a única...

Imagem do Pinterest

Pesquisando um pouco, encontrei no site Agência Brasil, que nós, brasileiros lemos em média, cinco livros por ano... É muito pouco!!! Eu leio isso no mês e tenho marido, filha, cachorros, trabalho, estudo e tenho vida social... Ok, livros são "caros", alguns podem dizer, mas, temos ótimas bibliotecas, antes da pandemia descobri a biblioteca do Sesc e há livros M A R A V I L H O S O S!!!

A pesquisa foi feita antes da pandemia, esses dados são de 2019, quem sabe isso tenha mudado e novas pessoas tenham entrando nesse universo incrível...

Imagem do Pinterest

Não há idade para começar a "ler", se você caiu aqui de paraquedas, e esta pensando que com mais de trinta não dá mais tempo para ser um leitor, esta completamente enganado, sempre há tempo para fazer "tudo", basta querer, a Lunna Guedes costuma dizer que "inspiração", não existe, então não espere ficar "inspirado" para começar a ler, esteja determinado a começar a ler, coloque como meta...

Como começar?!

Primeiro o que você gosta de ler??? Eu sei que se você não lê, essa pergunta pode soar "ridícula", mas, você terá que descobrir. Existem vários gêneros, eu particularmente, só não gosto muito do "terror", mas, até leio...
Se você gosta de assistir filmes, qual seu filme preferido? Talvez você encontre um livro baseado em algum filme que tenha gostado, e na minha humilde opinião, os livros são bem melhores que os filmes...

Agora vamos estabelecer um tempo! Sim, em que momento você irá começar essa aventura? E não venha dizer que você não tem tempo...Quanto tempo você fica na internet ou no WhatsApp, então, já vimos que só falta você fazer um uso melhor do tempo...Coloque isso na agenda (se você faz uso de uma), aos pouquinhos esse hábito vai ser algo natural...Volto a insistir, é necessário dar o primeiro passo, e isso tem que ser feito por você...

Imagem do Pinterest

 Começou a ler e não esta gostando, pare! Gente a vida é curta e há muitos livros para serem lidos, então não fique se torturando, comece uma outra leitura...Talvez não seja o momento desse livro...Já comecei a ler e parei, em outro momento voltei a ler o livro abandonado e a leitura fluiu, outras vezes, realmente a leitura empacou, então, "bora" passar esse livro para sempre, pois, certeza que será o "livro" de alguém...

Tenha sempre um livro por perto!!! Mesmo quando sei que não vou ter tempo para pegar o livro, levo um livro na bolsa...Já li muito em fila de supermercado!!!


Encontrem pessoas que gostem de ler! Nos perfis literários você vai encontrar várias LC, ou seja, leitura coletiva...Tenho várias amigas virtuais que conhecia em uma LC...

Bem então é isso, se você já gosta de ler, indique esse post para alguém que precisa de um empurrãozinho...


E você Tá Lendo?





terça-feira, 27 de abril de 2021

Resenha Cinco Esquinas

 

Livro: Cinco Esquinas

Autor: Mario Vargas Llosa

Páginas: 2016

Editora: Alfaguara

Uma das leituras de março e novamente devo agradecer aos grupos de leituras, não seria uma escolha pessoal...

Nesse livro o passaporte é para o Peru! A história se passa no período anterior à queda do ditador Alberto Fujimori, que governou o Peru entre 1990 e 2000. Ou seja, um cenário recente e isso me cativou e o título da obra é o nome do um bairro de Lima, no Peru, onde próprio autor frequentava o bairro.

A história começa bem quente com uma cena de sexo entre duas amigas! O que me surpreendeu bastante...Vamos conhecer Chabele e Marisa cujos maridos também são muito amigos... Uma irá dormir na casa da outra, pois, devido ao toque de recolher imposto pelo governo fica impossível voltar para casa,  resolvem dividir a mesma cama e assim começa o romance...

O relacionamento das duas não é a história central, na verdade entendo como um acontecimento paralelo, talvez dê um certo charme ao livro, deixando os leitores intrigados, não sei se é truque do autor pois, é o primeiro livro dele que leio.

Paralelo ao romance proibido, vamos conhecendo outros personagens...Enrique Cárdeas, marido de Marisa, um homem bem sucedido e importante começa a ser chantageado por um jornalista chamado Rolando Garro. E é em torno dessa chantagem que a história desenrola.

Rolando Garro é dono de uma revista de fofocas e ameaça Enrique com fotos comprometedoras, envolvendo, sexo, drogas e bebidas...Se isso vier a tona, Enrique terá grandes problemas...

Teremos chantagem, um jornalismo manipulador, vamos ter até uma assassinato...O autor deixa claro a sua critica ou visão em relação ao jornalismo "marrom", sensacionalista que trabalhava a favor do governo.

Na verdade a história apresenta núcleos, com histórias que se complementam entrem si.

Em um outro momento vamos conhecer Juan Peineta, um idoso que sofre com a falta de memória mas, tem grande rancor de Rolando Garro, pois esse foi responsável pelo seu grande fracasso na TV e passa o seu tempo livre escrevendo notas para revistas difamando o jornalista, o que nunca dá em nada...

Teremos um grande quebra cabeça a ser montado!!Volto a dizer que  fica muito nítido a critica ao governo e como os meios de comunicação nas mãos erradas podem ser prejudiciais a um país...

Se antes já ficava com um pé atrás em relação algumas noticias hoje fico inteira...Não devemos aceitar apenas uma "visão", uma "informação", devemos questionar, investigar, ler e reler...


E você Tá Lendo?

segunda-feira, 26 de abril de 2021

Estantes X Prateleiras BEDA#26

 Já falei aqui como organizo minhas leituras!

Como organizo meus livros!

Mas e aí??? Onde eles ficam??? Estantes, prateleiras, mesinhas, guarda-roupa...Há infinitos lugares e o Pinterest é uma fonte inesgotável de ideias...

Hoje vou trazer algumas ideias que retirei da internet!!!

Olha que ideia pratica e até certo ponto econômica! Prática porque nós temos ai caixotes de feira, que lixadas ficam lindos e se conseguir "pegar" realmente na feira bem econômico...Aqui na feira pertinho de casa, raramente encontra-se caixote, usam aquelas caixas plásticas  e não sei se sairia econômico comprar tais caixotes, mas, uma coisa eu sei, o visual fica lindo!

As prateleiras!!!


Ninchos!!!

Estante Vertical - Aproveitando cada cantinho!!

As clássicas estantes para quem tem espaço!!!

Por aqui, por enquanto, os meus estão assim:

No escritório fica uma estante de ferro! Gente o valor é super "saudável" e cabe bastante livro!!!

Ainda no escritório tenho uma prateleira, na verdade várias, com coisas de papelaria, mas apenas uma com livros, a estante de ferro lotou, rs... Encontrei a madeira da prateleira literalmente no lixo, trouxe para casa, limpei, lixei, pintei...

Uma prateleira aproveitando o cantinho de baixo da escada! Olha ainda dá para colocar mais alguns, rs...


Uma foto mais de longe para vocês verem como aproveitei um espaço "morto".



E uma estante no quarto!



E vocês como organizam por aí?

Este post faz parte do BEDA e participam também:

Mãe Literatura;
Catarina voltou a escrever;
Mariana Gouveia;
Roseli Pedroso;
Amor pelas Páginas;
Devaneios e Poesias;
Obdulio Nuñes Ortega

domingo, 25 de abril de 2021

Resenha: O Eterno Marido

 

Livro: O Eterno Marido
Autor: Fiodor Dostoievski
Páginas: 216
Editora 34

Aplausos para os grupos de leitura coletiva!


Olha sempre quis ler  Dostoievski mas, a procrastinação vencia, eis que no grupo de clássicos esse foi o autor escolhido para nosso debate de maio...Então tive a oportunidade de conhecer o senhor  Dostoievski.


Inocente que sou, achei que pelo titulo teríamos uma linda história de amor!!! Um marido dedicado, uma esposa feliz, enfim, um dos romances clichês que A M O !!!

Avisada pelo grupo que estava completamente enganada, que romances fofos não fazem parte da escrita de  Dostoievski, fui com cautela e nos primeiros capítulos, pensei que abandonaria a leitura...
Como abandonar uma leitura coletiva??? Não abandonei e ainda bem, pois, fui aprisionada por  Dostoievski...

O Eterno Marido foi escrito em 1870, um romance curto, mas, perfeito!!! Interessante que  Dostoievski escreveu Eterno Marido porque estava fugindo de credores e precisa de "grana". 

Fica a dica! Se você esta precisando de grana, NÃO, escreva um livro ou vai morrer de fome, mas, isso é um outro assunto...

Vamos ter um triângulo amoroso! Um assunto comum de romances, mas,  Dostoievski é cômico, sarcástico,  inteligente e provocador o que torna a leitura dinâmica ...

O primeiro capitulo vai ser dedicado a Vieltchâninov, um perfeito playboy para os dias de hoje, um homem que tirava sarro de todos, um mulherengo, um solteirão convicto, pois, nunca se casou.

Do outro lado teremos seu "grande" amigo Pávlovitch, um homem meio bobão, o "eterno marido"...

A história começa com Vielchânino já com seus quarenta anos (acho eu) sofrendo com suas memória, diria eu, arrependido das humilhações que causou no passado, do namoricos com mulheres já comprometidas

"... de que servem tais recordações, quando não sei nem mesmo libertar-me suficientemente de mim no presente? "

O gatilho para certas lembranças foi o encontro "casual" com um certo homem na rua que usava  chapéu com fita de luto... Esse encontro deixou Vielchânino profundamente constrangido, e irritado com aquela sensação "da onde conheço fulano". E ele não encontrou apenas uma vez, mas, outras vezes também...Será que estava sendo seguido?

A lembrança, o reconhecimento, veio em uma noite de insônia, em plena madrugada, quando Vielchânino olha pela janela e vê o estranho olhando do outro lado da rua diretamente para sua janela...

Era seu "grande" amigo, Pávlovich, uma amigo que não via há dez anos!!!

Vielchânino fica se perguntando o que o leva em plena madrugada e depois de dez anos bater na sua porta, mas, Pávlovich, esta confuso, "atrapalhado " das ideias, e joga a bomba para Vielchânino, está de luto pois, sua adorada esposa Natalia faleceu...

O passado se faz presente Vielchânino relembra o quanto foi apaixonado por Natalia, mas, essa o dispensou e eles nunca mais tiveram contato...

Decidido a descobrir o real motivo que levou Pávlovich aparecer após dez anos, Vielchânino  resolve no dia seguinte ir visita-lo e descobre que ele não está sozinho, mas, acompanhado de sua  filha Lisa. Devo confessar que fiquei encantada com Lisa, uma vontade de protege-la...

Vielchânino  também fica encantado com Lisa, eu diria que surge ali um amor paternal  e ele começa a fazer algumas contas, será que realmente Lisa é filha de Pávlovich?

A história fica muito interessante e impossível abandonar! . Teremos intensos diálogos, com acusações, insinuações tudo tão bem detalhado que senti como se estivesse assistindo uma novela...

Este post faz parte do BEDA e participam também:

Mãe Literatura;
Catarina voltou a escrever;
Mariana Gouveia;
Roseli Pedroso;
Amor pelas Páginas;
Devaneios e Poesias;
Obdulio Nuñes Ortega

E você Tá Lendo?




sábado, 24 de abril de 2021

Novos na Estante - Parte#02 = BEDA#24

 Tempo! Tempo! Tempo!


Não há tempo para ler tudo o que desejamos e como a escolha é difícil!!!

Essa semana tivemos o Dia Mundial do Livro e a Amazon liberou vários e-books gratuitos!!! Como resistir??? Vamos conhecer algumas das nossas escolhas da semana...


  • Mulherzinhas  - Louisa May Alcott. 

  • Terra das Mulheres - Charlotte Perkins Gilman

  • Mulheres não são chatas, mulheres estão exaustas - Ruth Manus
  • A Pequena Livraria dos Sonhos - Jenny Colgan.

Então já leram alguns desses? Por qual vocês acham que devo começar???

Você pode conferir a primeira parte aqui!

Este post faz parte do BEDA e participam também:

Mãe Literatura;
Catarina voltou a escrever;
Mariana Gouveia;
Roseli Pedroso;
Amor pelas Páginas;
Devaneios e Poesias;
Obdulio Nuñes Ortega

E você Tá Lendo?

sexta-feira, 23 de abril de 2021

Dia Mundial do Livro + Leituras da Semana = BEDA#23

 Dia Mundial do Livro e Dos Direitos Autorais e em vista dos últimos acontecimentos não sei se temos muito o que comemorar!!!


A data de 23 de Abril foi escolhida porque nesta data do ano de 1616 morreram Miguel de Cervantes, William Shakespeare e Inca Garcilaso de la Vega.[3] Para além disto, nesta data, em outros anos, também nasceram ou morreram outros escritores importantes como Maurice Druon, Vladimir Nabokov, Josep Pla e Manuel Mejía Vallejo. (Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Dia_Mundial_do_Livro_e_do_Direito_de_Autor)

Infelizmente estão querendo que eu e você parem de ler, voltem para caixinha... O Projeto de Reforma Tributária afirma que pessoas de baixa renda não compram livros então esses não seriam afetados! Olha estou tão cansada que não consigo mais discutir... Caso a reforma aconteça os livros vão receber uma tributação de 12%... 


E é exatamente o que querem!!!

Vamos as leituras da semana!

Terminei:

  • O Eterno Marido - Confesso que estou encantada com o "Senhor" Dostoievski
  • Broken - Quebrando Regras # 01 - Já conseguimos até resenhar!!! Você pode conferir aqui
Leitura em andamento:

Provavelmente nossa única leitura do mês: Chatô - O Rei do Brasil. Estou amando conhecer os bastidores da nossa politica, a evolução dos jornais...

Satisfeita com a semana, mesmo sabendo que nossa TBR lá do começo do mês não será concluída!!!


quinta-feira, 22 de abril de 2021

Como organizo meus livros - BEDA # 22

 Oi gente, como vocês estão? Por aqui o friozinho chegou...Amo!!!!


Hoje vamos conversar sobre organização!!!
Vou ser sincera embora seja apaixonada pelo meu Kindle não abro mão do livro físico, mas, o grande problema é lugar para guardar... E confesso que na hora de limpar, aff...

Enfim... Mas vamos ao que interessa! A intenção do post é dar algumas dicas de como organizar seus livros!!!



Confesso que já organizei uma das minhas estantes por cor, mas, bateu desespero de ver séries separadas...Tamanhos desorganizados...Embora o visual fique lindo...

Foto do Pinterest



Acho que fica com cara de biblioteca então nunca pensei em fazer assim, mas, é uma opção!





Enquanto escrevo esse post os meus estão separados assim!!!





Foto do Pinterest

Me conta como você organiza os seus livros!!!

Este post faz parte do BEDA e participam também:

Mãe Literatura;
Catarina voltou a escrever;
Mariana Gouveia;
Roseli Pedroso;
Amor pelas Páginas;
Devaneios e Poesias;
Obdulio Nuñes Ortega

quarta-feira, 21 de abril de 2021

Resenha Broken - Quebrando Regras #01


 Livro: Broken - Quebrando Regras # 01

Autora: Liz Spencer

Páginas: 714

Editora: Amazon

Leitura que comecei em março e avançou para abril, uma leitura aleatória ou seja completamente fora da TBR...

Vamos conhecer Derek e já no inicio ficaremos sabendo como ele foi torturado tanto fisicamente quanto psicologicamente...

Derek presenciará o assassinato da mulher que ama e por um descuido do "capataz", Derek conseguirá escapar...

Temos então um bad boy incapaz de amar, de perdoar cujo o único desejo, a única coisa que o move dia a dia é o desejo de vingança...

E Derek já esta com sua vingança pronta...Irá sequestrar a irmã caçula do seu inimigo...

Do começo ao final do livro você ficará apreensiva, pois, sabe que isso não vai acabar bem...

O livro trás cenas fortes de tortura, humilhação e muito sexo...

Embora seja uma série as histórias são independentes.

E você Tá Lendo?

Este post faz parte do BEDA e participam também:

Mãe Literatura;
Catarina voltou a escrever;
Mariana Gouveia;
Roseli Pedroso;
Amor pelas Páginas;
Devaneios e Poesias;
Obdulio Nuñes Ortega

terça-feira, 20 de abril de 2021

Conhecendo um Blog - BEDA # 20

 Convido vocês a pegarem uma xícara de café ou uma taça de vinho e acompanhar esse bate-papo!!!

Hoje nossa conversa é com a Lunna do Blog Catarina voltou a escrever mais uma pessoa incrível que esse mundo literário me apresentou....
Visitando o blog da Claudia, encontrei uma blogagem coletiva do grupo  Interative-se, grupo fechado no facebook.. O grupo me chamou atenção pois, ali todos tinham blogs e confesso que a grande maioria das pessoas que conhecia como "blogueiras"  migraram para outras redes, a maioria, foi para o Instagram, resolvi ficar lá e ver o que acontecia...E assim conheci a Lunna...A pandemia adiou o  nosso café, então, vamos conversando por aqui...

Quem é a Lunna?

Boa pergunta... mas, é um tanto estranho dizer-se. Eu tenho dificuldade em redigir a minha biografia. Os últimos anos eu me acostumei a me definir como sagitariana e degustadora de cafés. Mas, é pouco para o que vejo no espelho. Também sou artesã de livros e gosto da pessoa que se senta num canto e une cadernos impressos com agulha e papel depois de planeja-los e vê-los acabados. Não digo prontos porque não gosto da premissa. Não acredito em coisas prontas.

Enquanto pessoa que escreve, eu sou uma figura múltipla que se metamorfoseia em outras tantas e nenhuma.

Autora, escritora, editora!!! Como você se descreveria?

Depende do dia, do momento e do ano... quando me sento para escrever (como nesse abril) eu sou a pessoa que escreve, inventa narrativas, mundos e pessoas. E, quando me sento para avaliar escritos alheios, sou a Editora. Ambas dependem da leitora que eu sou, uma figura chata e exigente...

Como nasceu a ideia de criar um blog?

Foi coisa de um amigo-parceiro que acreditou que seria uma boa ideia a ferramenta e me indicou. Isso foi lá em meados de 2002. O primeiro blogue-post veio meses depois. Mas a Catarina surgiu sem planejamento, sem nada. Foi o último blogue (eu já tive muitos) e desisti da maioria deles porque são como personagens de um livro que chega ao fim. Catarina, no entanto, segue sendo escrita...

Sempre que vou até o seu blog me pergunto quem é Catarina???

É mais uma personagem minha... eu sempre me inspiro em pessoas para as minhas narrativas e Catarina é uma metade minha, como todos os personagens com os quais trabalho. É impossível para mim, moldar um personagem e não deixar qualquer coisa minha nele. Todos os meus personagens tem muito de mim.

O nome Catarina veio de uma colega de faculdade... uma pessoa estranha, quieta, mundana, arisca por quem me apaixonei. Convivemos por pouco tempo. Ela foi recolhida do mundo para ser tratada e nunca mais escreveu notas suicidas. Consideraram-na curada...

Como você costuma organizar suas ideias, em relação ao seu processo de escrita...? De onde vêm as inspirações para escrever?

Eu escrevo todos os dias... tomo notas mentais (algumas mentais) de coisas que me incomodam. Escrevo missivas para os personagens, autores favoritos (a maioria estão mortos) para amigos. Eu sou da época da correspondência e minha escrita passa por folhas soltas e envelopes. Sou movida a emoções (todos somos) mas, eu dependo de ser perturbada, incomodada... ser movida para fora da minha zona de conforto para escrever.

Não acredito em inspiração, aliás, é que eu sempre digo nas aulas de escrita: não espere estar inspirado para escrever. Isso é uma ilusão. Escrita é trabalho diário, constante. Precisamos nos acostumar a escrever, nos disciplinar enquanto pessoas que escrevem e desenvolver a rotina da escrita.

Não existe escrita sem esforço, dedicação, muito trabalho e, no meu caso, muitas xícaras de café e uma janela aberta para a realidade urbana, minha tela particular de Hopper.

Quais são os prós e contras de ser uma blogueira literária? Por quê?

Eu já não me considero uma blogueira faz algum tempo. Nem sei se me considerei um dia. Sou uma pessoa, autora, editora, artesã de livros que tem um blogue e que escreve nele um pouco das coisas que vê, experimenta. No começo, eu achava que conversava comigo e mais ninguém. Mas, começaram a comentar os meus textos e aquilo foi um grande susto. Conheci pessoas incríveis, fiz amigos, arrumei confusão. Já fiz de tudo nesse cenário nesse universo onde é sempre passado, nunca futuro. De todas as ferramentas da internet, é sem dúvida a que mais me agrada e a única com a qual não rompi.

Qual seu  gênero literário favorito? E autor?

Eu amo poesias e romances... e contos, e crônicas, ops... seria mais simples dizer que eu Amo livros. Tenho paixão por T.S.Eliot e seus poemas certeiros e definitivos. Fui seduzida ainda menina pela narrativa de Jane Austen... a maneira como trabalhou suas personagens femininas me surpreendeu. E, tem Patti Smith que me convidou para o seu café, em Nova Iorque para contar suas vivências ao lado do amigo-amante Robert Mapplethorpe, em Linha M... e Susan Sontag que é agressiva em suas opiniões e me convidam a repensar o mundo.


Fica o meu convite para vocês visitarem o blog e conhecerem mais um pouco dessa autora, escritora, editora...


Este post faz parte do BEDA e participam também:

Mãe Literatura;
Catarina voltou a escrever;
Mariana Gouveia;
Roseli Pedroso;
Amor pelas Páginas;
Devaneios e Poesias;
Obdulio Nuñes Ortega